in ,

Projeto de Tomar ganha 30 mil euros no Orçamento Participativo Jovem

Ficou em 2° lugar a nível nacional no Orçamento Participativo Jovem o projeto “Plástico ZER0”, da aluna Eva Claro, que frequenta o 12° ano na escola Santa Maria do Olival.

O projeto, que envolve todos os agrupamentos de escolas dos concelhos de Tomar e Alcanena, recolheu 428 votos, ficando a 40 votos do 1° lugar. Seja como for, o projeto vai ser financiado com 30 mil euros, que era o orçamento apresentado.

O objetivo é reduzir/eliminar a utilização de plástico nos recintos escolares. Propõe-se oferecer a cada aluno uma garrafa de alumínio, de forma a que estes a possam encher nos dispensadores de água a adquirir para as escolas.

Em votação estiveram 200 projetos a nível nacional e estava definida uma verba de 500 mil euros em várias áreas: Educação Formal e Não Formal, Emprego, Habitação, Saúde, Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Governança e Participação e Igualdade e Inclusão Social.

Temos de dar os parabéns aos alunos dos agrupamentos dos concelhos de Tomar e Alcanena por esta conquista.

Resultados do Orçamento Participativo Jovem

 

 

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. Se as pessoas reciclarem as embalagens não se justifica tal histeria contra o plástico. Aliás embalagens de líquidos como sopas e águas passam a ser vendidas em tachos de alumínio e garrafas de vidro? E a poluição provocada pelos detergentes nas lavagens desses recipientes?

  2. Gostaria de ver assinados estes comentários. Se… Faz-me lembrar algo que se dizia: “se a minha avó não tivesse morrido ainda hoje era viva”. Não é uma histeria, é uma realidade. E simplesmente o comum dos mortais não recicla. Quando é que estes opinadores camuflados pretendem fazer algo de concreto como se está a fazer. Estamos abertos a qualquer opinião viável que melhor a situação, mas escrever no anonimato é mais fácil não é?

    Luís Colaço
    Professor da AENSM

  3. Para uns, se o que está em causa são as ideias, o(s) nome(s) do(s) autore(s) é pouco importante. Para outros, ainda que à custa do que está na moda, importante é aparecer nos jornais e sites. Olhar para o chão dos recreios das escolas nos intervalos é um bom indicador das reais preocupações ambientais internas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Necrologia

PSD questiona convívio financiado pela câmara a três semanas das eleições