SociedadeDestaque

Projeto da av. Nuno Álvares Pereira, mesmo com erros, vence prémio de arquitetura

- Publicidade -

Apesar das broncas, dos erros e das omissões, com os consequentes atrasos na obra, o projeto de requalificação da av. Nuno Álvares Pereira, em Tomar, foi o vencedor dos Prémios Nuno Teotónio Pereira de 2022, na categoria de Espaço Público.

Entre 45 projetos candidatos, este foi distinguido com um prémio que pretende “valorizar os bons exemplos e incentivar as boas práticas na requalificação das cidades, bem como o estudo de matérias ligadas à habitação e à reabilitação urbana”.

A própria presidente da câmara, durante a obra, reconheceu publicamente erros no projeto, a tal ponto que a câmara, no final, teve de intervir para corrigir alguns problemas.

O espaço previsto para estacionamento era pequeno, algumas viaturas não cabiam. A solução foi eliminar dezenas de árvores para que os veículos pudessem estacionar.

A ciclovia em calçada grossa foi outro erro apontado e o tempo está a provar que ninguém a utiliza, optando os ciclistas pelo passeio ou pela estrada.

- Publicidade -

O projeto não previa alguns acessos às garagens e oficinas o que motivou protestos dos comerciantes. Havia árvores plantadas em frente a portões de oficinas que impossibilitavam o acesso a viaturas.

A juntar a isto houve a famosa “chuva de pilaretes” que ainda hoje é motivo de chacota.

Facto é que estes erros de projeto levaram a câmara a ter de desembolsar mais dezenas de milhares de euros para remediar os problemas, além de atrasar a obra vários meses.

Ficha técnica da obra:
Arquitetura: Paulo Tormenta Pinto
Colaboração: Rosa Maria Bastos, João Maria Costa;
Água e Esgotos: Andreia Cardoso e Rita Duarte;
Eletricidade: Rúben Sobral;
Plantações e Sementeiras: Mónica Farina;
Infraestruturas Rodoviárias: Pedro Reis
Promotor: Município de Tomar;
Gestão Municipal: Elsa Maria Pimenta e José Almeida (Tomarhabita);
Empresa Construtora: Carlos Gil – Obras Públicas, Lda.
Fiscalização: Rui Reis

Broncas e protestos nas obras da av. D. Nuno Álvares Pereira (c/ fotos)

As aberrações da av. Nuno Álvares Pereira

Obra da av. Nuno Álvares Pereira fica mais cara do que o previsto

- Publicidade -

3 comentários

  1. Erros acontecem sempre, é como em nossas casas, quando acabamos a obra é quando devíamos estar a começar, as pessoas reclamam muitos porque estavam habituadas a ver a Av. Nuno Álvares Pereira e Torres Pinheiro de uma forma, mas as coisas evoluem, e já não é assim. Acho muito bem e os mais críticos aceitem que dói menos.

  2. Não podemos criticar sem conhecer os outros concorrentes, que perderam.
    Suponham que o prémio era disputado, entre a Nun´Álvares Pereira, Torres Pinheiro, Combatentes, Várzea e Garcês Teixeira.
    Estavam quase empatados, a disputa era mesmo renhida.
    O trabalho de um júri não seria fácil.
    Espero que tenham menções honrosas para os outros 44.
    Quanto pagaram pelo prémio? Sim, não acredito que ainda recebam um valor monetário, a entregar aos autores ou ao promotor.
    Bahhh.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo