SociedadeDestaque

Homem condenado seis vezes por conduzir alcoolizado

- Publicidade -

O tribunal do Entroncamento condenou um homem de 38 anos seis vezes, em diferentes ocasiões, por conduzir sob efeito do álcool.

Já foi condenado nas penas de proibição de condução de veículos com motor: 11 meses, 16 meses, 6 meses, 20 meses, 12 meses e mais recentemente 15 meses.

A estes crimes juntam-se outros que foi cometendo ao longo da vida: tráfico, furto, desobediência, resistência e coação sobre funcionário, detenção de arma proibida e evasão.

No processo mais recente, que motivou um recurso para o tribunal da Relação de Évora, o homem, como já é reincidente, foi condenado a nove meses de prisão efetiva e 15 meses sem poder conduzir. De nada valeu o recurso já que o tribunal confirmou a primeira decisão judicial.

Desta última vez, em julho de 2023, foi apanhado a conduzir com uma taxa de álcool no sangue de, pelo menos, 1,872 gramas por litro.

- Publicidade -

O homem é pai de três filhos de três relações diferentes e pertence a uma família carenciada e desestruturada.

 

O acórdão do tribunal da Relação de Évora pode ser lido aqui

- Publicidade -

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo