in ,

Autoridades reconstituem atropelamento de menina no Carvalhal

Decorreu na tarde desta quarta feira, dia 3, a reconstituição do grave acidente ocorrido a 16 de maio de 2019 no Carvalhal Grande, em Tomar, em que uma menina de nove anos foi atropelada com gravidade, ficando entre a vida e a morte.

Morgana Santos sobreviveu e continua gradualmente a recuperar a sua vida normal, mas há sequelas físicas que permanecem.

Eram 07h30 daquele dia quando Morgana atravessou a estrada para ir apanhar o autocarro que a levaria à escola. Uma viatura conduzida por uma mulher em direção a Tomar, colheu a menina e arrastou-a dezenas de metros, atropelamento ao qual o pai e a irmã de 13 anos assistiram, tendo de receber apoio por psicólogos do INEM.

Dada a gravidade dos ferimentos, a menina foi transportada de helicóptero para o hospital de Santa Maria, em Lisboa, depois de socorrida por equipas dos bombeiros e do INEM.

Meses depois regressou a casa, onde os pais, Olinda Parente e Bruno Santos, continuam a lutar dia a dia para que a sua filha recupere o máximo possível.

Para a reconstituição do acidente, a GNR cortou o trânsito na estrada principal do Carvalhal para que os peritos pudessem colocar marcações na estrada e proceder a medições.

Escrita por Redação

Comentários

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Jorge Jesus diz que equipa do Benfica está a tempo de recuperar

Clara de Sousa (SIC) partilha imagem de pintura mural na Barquinha