InsólitoDestaque

Moradores e comerciantes chocados com passeios pintados de vermelho

- Publicidade -

“Uma aberração”, “vergonhoso”, “parece que estamos na praça de touros”. Estes são alguns comentários que recolhemos de moradores e comerciantes, no dia 10 na rua Água das Maias em Tomar, a propósito da cor vermelho vivo com que está a ser pintado o passeio.

Esta obra da junta de freguesia urbana parece estar enguiçada. Já tinha sido notícia por estar a ser construído no local um parque de estacionamento num terreno privado.

Esta semana a surpresa chegou colorida. A antiga calçada foi substituída por um pavimento mais aderente, até aqui tudo bem, mas o que choca é a cor vermelho vivo com que pintaram o passeio.

Qual será o objetivo? O passeio vai funcionar como ciclovia mesmo em frente à entrada de habitações e oficinas? Perguntas às quais ninguém responde, sobre um projeto que ninguém conhece.

Moradores e comerciantes manifestam a sua indignação por aquela solução que é inédita e incompreensível.

- Publicidade -

Outro aspeto para o qual chamam a atenção é a falta de rampas nos lancis para acesso às garagens.


 

- Publicidade -

10 comentários

  1. Esta gente também se indigna por tudo, que paciencia nunca estão contentes com nada, em vez de se preocuparem com assuntos pessoais, preocupam-se com não assuntos.

    1. Uma ciclovia é uma autoestrada para bicicletas, trotinetes, etc., e contruir uma infraestrutura destas em cima das portas de entrada e saída das habitações e comércio é de facto algo digno de uma comédia.
      Isto é mais uma passo gigante para aumentar o já elevado número de atroplamentos.
      Projectos deste lá devem ter sido idealizados numa qualquer adega.

  2. Olá tomarenses
    Eu sou sportinguista e gosto do verde.
    Agora nos passeios de peões, eu até não desgosto do encarnado. Mas isto é a minha opinião.
    Melhor fazer uma coisa moderna ,do que tiver calçada escorregadia e velha.

  3. Uma vergonha! O povo não se importa 😅! Eu nunca mais irei a esta terra por causa de uma sacanagem destas! Bois são outros! Nós somos humanos 😃! Merecemos respeito e isso foi-nos tirado! Não importa o que dizem, agora é tarde e eu nunca mais aconselharei esta terra como boa para ser visitada! Não estamos na Coreia do norte!!

  4. So perdem tempo e dinheiro com coisas pequenas ridículas! Nao tratem esta cidade com novecentos anos como o quintal lá de casa… precisamos de competência e respeito!

    1. Tens toda a razão, mas infelizmente, dada a natureza pimba dos mandantes cá da aldeia, o que temos de mais certo é mais disto. Aproveito para relembrar que este presidente de junta até quis cortar os plátanos da entrada de Tomar só porque sim. A coisa só não foi avante porque a presidente da câmara, num raro assomo de lucidez, imagine-se, o impediu alegando que as árvores estavam (e continuam) saudáveis.

    2. Tem de rever os apontamentos. Como cidade, Tomar só existe há 178 anos e 364 dias. Amanhã, dia 13 de Fevereiro de 2023, completará mais um ano, perfazendo assim 179 anos como cidade.

      1. Obviamente o que se pretende salientar é o histórico . Cidade, vila, aldeia., lugar, beco, nao interessa para o caso, mas sim respeitar a História do local…. e creio que os factos nos remetem para os 900 anos!
        Passeios encarnados nao me Parecem muito apropripriados , a não ser pela proximidade do Carnaval…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo