DestaqueSociedade

Funcionários da câmara arriscam a vida a trabalhar

Segurança no trabalho parecem ser palavras vãs na câmara de Tomar. Mesmo após a queda de um trabalhador de um escadote, os funcionários continuaram a fazer o mesmo serviço nas mesmas condições, ou seja, sem segurança.

O caso aconteceu a semana passada na av. Nuno Álvares Pereira, onde alguns funcionários da autarquia estiveram a colocar novas estacas para sustentar as árvores.

São estacas altas, com mais de quatro metros de altura, cravadas na terra com recurso a um equipamento para abrir o buraco e outro para “martelar”.

banner tomardrive 728x145 escolas Prancheta 1

As situações de perigo acontecem quando o funcionário sobe o escadote e, com um pesado aplicador de postes, tem de “martelar” a estaca para que penetre na terra. Tudo isto num exercício de equilíbrio em cima de um frágil escadote, sem qualquer segurança.

A semana passada um dos funcionários deu uma queda enquanto estava a fazer esse trabalho e teve de receber tratamento hospitalar. Mesmo assim, a tarefa prosseguiu nos dias seguintes, nas mesmas condições de falta de segurança.

Diz quem assistiu que a situação merecia uma queixa à ACT – Autoridade para as Condições do Trabalho.

Outra situação com uma viatura da câmara:

IMG 20230117 WA0002

1 comentário

  1. Infelizmente é uma prática em várias autarquias, o incumprimento das normas básicas de segurança, a falta de sensibilização e formação profissional é norma, nos últimos dias encontrei situações nos municípios do Fundão, Castelo Branco, nos prestadores serviços das autoestradas, a fiscalização não existe.
    Vamos continuar a luta pela defesa do direito ao trabalho em condições de Sst.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
Fechar

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.