in ,

Polícia multa carros mal estacionados no centro histórico

Vários automóveis que estavam estacionados na rua Aurora Macedo, no centro histórico de Tomar, foram multados pela polícia na tarde desta terça feira, dia 22. As viaturas estavam estacionadas num local proibido conforme se vê na imagem. De uma assentada foram multados pelo menos seis carros.

A câmara decidiu proibir o estacionamento nestas ruas com o argumento de que os carros de bombeiros não passam se estiverem automóveis estacionados.

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. Apoiado! Já ia sendo tempo.
    A câmara proibiu o estacionamento nestas ruas e fez muito bem. Conheço pelo menos um caso em que uma ambulância com um doente grave esteve quase meia hora à espera que viessem tirar um carro que não deixava virar para a Rua Infantaria 15.
    Prossigam que é por aí o caminho. Ah, mas falta estacionamento… Pois falta. Mas isso já é outro assunto. Não é por haver também falta de sanitários que podemos fazer o serviço em qualquer rua.

    • Mas se fizessem as necessidades por toda a parte, certamente que rapidamente se chegava à “brilhante” conclusão de que eram mesmo necessários mais sanitários… ou com o pensamento reles vigente que seriam necessários mais fiscais para multar as pessoas.

      Quanto à falta de estacionamento, tem que se concordar que tal não pode servir de desculpa para não cumprir com a sinalização, em especial tendo em conta as questões de segurança.

      Melhor seria que a polícia além de multar também rebocasse os automóveis em transgressão, já que o argumento é a segurança, a menos é claro que entretanto aparecessem os indignados condutores com os dizeres do costume que ou foi muito rapidinho ou que só andam na caça à multa e apanhar os ladrões que é bonito isso não fazem… tudo desculpas para não cumprir as regras… esquecendo-se dos outros.

      Quanto ao estacionamento, realmente é certamente uma esperança que podem perder pois não há e não haverá tal estacionamento à porta de cada sítio onde as pessoas possam querer, ainda mais numa cidade (parte antiga) nunca planeada para os automóveis simplesmente porque não existiam até recentemente.

      Talvez a natureza possa dar um empurrão terraplanando Tomar de uma ponta à outra com um enorme terramoto, talvez seguido de um grande incêndio e por fim uma grande inundação, e mesmo aí duvido que aproveitassem a oportunidade para desta vez fazerem as coisas bem feitas! Se em Lisboa não aprenderam a lição, não é de se esperar que em Tomar fossem aprender.

  2. Podiam aproveitar e ir à rua se S João e verificar os respetivos dísticos dos carros ali estacionados ( dia e noite) de certo, muitas multas passariam.. O problema é….nesse local não dá geito!
    Os moradores não teem casa aberta ao público!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Carta aberta à empresa hoteleira Vila Galé

Câmara de Tomar não tem livro de reclamações eletrónico