SociedadeDestaque

O que atrai os tomarenses ao Brasil?

É um facto. Há cada vez mais homens portugueses a casar-se ou a juntar-se com mulheres brasileiras, seja em Portugal, seja no Brasil. Há também quem se reforme e opte por ir viver para o Brasil.

Discriminações à parte, importa analisar este fenómeno e tentar perceber o porquê desta atração entre europeus e sul-americanas, com o oceano Atlântico pelo meio.

Em Tomar, temos vários exemplos de pessoas que trocaram as terras nabantinas pelo calor do clima e do povo brasileiro.

Desafiámos alguns tomarenses que vivem no Brasil a explicar esta atração pelos trópicos.

Começamos por António Antunes, um empresário e técnico que esteve na fundação da rádio Hertz, nos primórdios da rádio e televisão piratas, ajudou também a fundar a Associação Tomarense de Aviação UltraLeve (ATAUL). Aqui era gerente de uma empresa de automatismos e há mais de 10 anos mudou-se para o Brasil. Casou-se com uma brasileira e criou a empresa Satfrota – Sistemas de Segurança Eletrônica, em Fortaleza.

Porque optou deixar Tomar e viver no Brasil? Em que zona se encontra?

Moro há 11 anos em Fortaleza Ceará, região nordeste do Brasil, cidade de clima constante o ano todo, oscilando entre 28 e 30 graus, com sol e brisa do mar. Temos clima de verão o ano todo, o que para a saúde e diversão é muito bom. Temos praia a 5 minutos de casa, com infraestrutura maravilhosa.

Como é a sua vida no Brasil?

Em 2011, eu já tinha um relacionamento com a minha atual esposa, brasileira. Nessa altura, a relação chegou a um momento de definição, ou ela viria viver em Portugal ou eu iria viver no Brasil. Decidimos pelo Brasil, devido à crise económica que tínhamos em Portugal, e o meu desejo de refazer os meus caminhos profissionais e a vida afetiva. Fui também porque senti segurança e um apoio familiar, ganhei um núcleo familiar no Brasil, grande, gentil e sólido.

Aponte alguns aspetos positivos e negativos de viver no Brasil

O que sempre me atraiu no Brasil, não só nas mulheres, é o jeito alegre e gentil das pessoas, sobretudo o bom humor. O povo gosta de rir e divertir-se, fazem piadas de si mesmo, tem sempre algo criativo para falar. Esta região é considerada a terra dos humoristas.

O aspeto negativo, que sinto bastante, é a falta de segurança, isto nos restringe muito, até nas diversões, viagens internas etc. Outra coisa que senti muito, no início, foi as saudades da nossa cozinha portuguesa, mas com o tempo estou bem adaptado e a minha esposa é muito boa na cozinha e sempre me surpreende com alguns pratos portugueses.

brasil antunes 146 5881492523964170240 n
António Antunes levou o seu pai de 94 anos para o Brasil

Vem regularmente a Portugal?

No início eu ia todos os anos a Portugal, mas desde que trouxe o meu pai de 94 anos para viver no Brasil, fiquei sem condições, e em seguida veio a pandemia. Mas em julho estarei na terrinha matando as saudades.

Que conselhos dá a quem queira sair de Portugal e viver no Brasil?

Quem quiser vir morar no Brasil, as dificuldades vão depender muito das condições familiares aqui, profissão e saúde financeira. Se não tiver um apoio real aqui, e conhecimento de mercado, não será fácil, até porque o Brasil é um país continental e cada região tem as suas peculiaridades, e como dissemos anteriormente, temos a língua em comum, mas a cultura é bem diferente. Temos que ter também muita flexibilidade mental e cultural para enfrentar tais mudanças e diversidades.

Como explica o aumento das uniões entre portugueses e brasileiras?

Acho que não é de agora. Desde o Brasil colónia, os portugueses gostam da beleza, vaidade e alegria da mulher brasileira. Mas como em todo lugar do mundo, existem mulheres e mulheres… Temos que ter este cuidado

Tenciona regressar um dia definitivamente a Tomar?

Nada nesta vida é impossível, mas por enquanto acho pouco provável. O nosso grande sonho seria poder morar seis meses cá e seis meses aí….

bradil antumnes 4852437 6880696543456788480 n
António Antunes com a sua mulher, brasileira, Francisca Frota

4 comentários

  1. O destaque para o elemento sexual é falta de visão ou é só o site a tentar chamar as atenções? É que se os portugueses emigrassem só por serem encalhados em Portugal, era ao menos. Penso que haverá motivos mais importantes…

    Se for mesmo só pelo mulherio, há muito por cá de todas as nacionalidades, formas e feitios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo