SociedadeDestaque

Mais uma rua fechada ao trânsito ao fim de semana

- Publicidade -

São cada mais as ruas do centro histórico de Tomar fechadas ao trânsito sobretudo ao fim de semana.

Depois da rua Infantaria 15 e rua dos Moinhos, agora é a rua Sacadura Cabral que encerra entre as 19h00 e as 24h00 de sexta-feira e entre as 12h00 e as 24h00 aos sábados e domingos.

Segundo a câmara, o objetivo é “revitalizar o comércio da zona histórica”.

Com estas medidas, os restaurantes têm a possibilidade de instalar esplanadas. No caso da rua Sacadura Cabral isso acontece com a cervejaria do Fernando e o tasca O Perdigoto.

Edital

- Publicidade -

- Publicidade -

4 comentários

  1. Só numa terra mal governada por gente com pouca prática da vida, que procura agradar a pessoas na sua maioria tapadas é que se procede assim, às pinguinhas. Se fosse outra terra e outra gente, já teriam fechado em definitivo todo o setor histórico, entre o Pelourinho e a Avenida cândido Madureira, salvo para moradores, urgências e cargas e descargas. Mas para aquelas cabecitas pensadoras da câmara é uma coisa demasiado complexa. Até era capaz de se perder alguns votos, que tanta falta fazem.
    Ó gente canhestra!

    1. Não tenho tantas certezas assim. Se o comércio está vocacionado para servir turistas ou passantes, concordo. Estes deixam os carros em parques e estão propensos a caminhadas. No caso dos autocarros, melhor ainda: o motorista trata da arrumação do veículo. Se o comércio pretende servir os residentes e a circulação auto é cortada em grande extensão o comércio vai à falência. O consumidor migra para centros comerciais com estacionamento garantido, vigiado e sem custos. Está mal mas é assim, como a realidade mostra.

      1. Se bem reparou, sr. PIna, salvaguardei esse aspeto ao especificar “salvo para moradores, urgências e cargas e descargas.” Nada impediria portanto um residente de continuar a usar o seu pópó para ir às compras. Até porque a lei fundamental é taxativa. Salvo motivo de força maior, nenhuma norma ou pessoa pode impedir um residente de ir para sua casa, ou dela vir, seja a pé, de bicicleta ou de carro.

  2. Uma vergonha a Estrada e para OS carros nao para esplanadas…
    Ou se proibe o transito de vez no Centro estorico ou se deixa desta palhacada nem para o turismo e BOM…
    So serve para favorecer algumas…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo