in ,

Estátua dos combatentes da Grande Guerra reposta no pedestal

Depois de montado o pedestal do monumento aos combatentes da Grande Guerra na nova rotunda em frente à estação de Tomar, hoje a estátua foi recolocada no seu devido lugar.

No final do mês de outubro a escultura tinha sido removida para os pavilhões da FAI e regressou agora ao seu lugar mas já na nova rotunda criada no âmbito das obras da Várzea Grande.

Inaugurado a 11 de novembro de 1931, o monumento de homenagem aos mortos da Grande Guerra foi projetado pelo escultor Henrique Moreira.

 

Fotos de Rui Miranda

 

 

Monumento aos combatentes já foi desmontado

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. O monumento aos combatentes no centro de uma rotunda, frente à estação de caminho de ferro, é mais uma patetice nabantina. Se tivessem a mínima noção de urbanismo teriam seguido a mesma lógica que presidiu à primitiva localização da estátua. Junto ao quartel de infantaria 15, que enviou para o sacrifício milhares e milhares de combatentes.
    Por conseguinte, havendo uma rotunda frente ao novo regimento de Infantaria 15, agora de tropas paraquedistas, era aí que devia ter sido colocado o monumento aos combatentes, como facilmente se compreende. Assim, onde está, com o caminho de ferro e a rodoviária logo ao lado, só teria alguma vantagem se o combatente representado ainda pudesse andar…

    • Tem razão. Mas sabe que na falta de tomarenses ilustres (especialente depois de 1974), tem que lançar-se mão do que existia. E encontrar alguém que fez progredir Tomar é mais difícil que buscar agulha em palheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Cadelas maltratadas e abusadas sexualmente em Tomar (c/ vídeo)

Cuidado com o pé no acelerador