SociedadeDestaque

Entroncamento: vereador eleito pelo Chega assume-se como homofóbico

- Publicidade -

“Eu sou homofóbico. Não gosto de gays, lésbicas, transexuais, pedófilos, violadores, zoófilos”, anunciou o vereador eleito pelo Chega na câmara do Entroncamento, no seu último vídeo publicado no canal “Portugal Condenado”.

Luís Forinho, que se desvinculou do Chega mas manteve o lugar na vereação como independente, respondia desta forma a uma declaração para a ata feita pelos eleitos do PS na última reunião da câmara do Entroncamento, no dia 18.

Nessa declaração lida pelo vereador Carlos Amaro (PS), os socialistas criticam o “modo verdadeiramente impróprio” como o eleito do Chega qualifica a homossexualidade, “que revela uma postura homofóbica intolerante”.

A bancada do PS disse repudiar essas declarações de Luís Forinho, lembrando que “os princípios que nos devem reger são de respeito, tolerância, igualdade e liberdade”.

“Sou homofóbico, mas não sou comunista, nem bandido” é o título do vídeo de resposta de Luís Forinho, com duras críticas ao PS.

- Publicidade -

“Agora estão a defender essas minorias (homossexuais, transgéneros). Calma que muito em breve estão a defender a pedofilia. Já conseguiram que as casas de banho para as crianças fossem todas abertas, entra quem quiser, rapazes, raparigas, tudo ao molho, a seguir vão destruir a família, têm andado a tentar e a seguir vão destruir a religião. Enquanto eu cá estiver, não”, anunciou o eleito do Chega que, sem rodeios, se declarou homofóbico e disse não gostar de gays, lésbicas, transexuais pedófilos violadores e zoófilos.

O vereador “fenómeno” eleito pelo Chega no Entroncamento

- Publicidade -

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo