in ,

Corridas de carros no Flecheiro (c/ vídeo)

Vários vídeos partilhados nas últimas semanas nas redes sociais mostram corridas ilegais de carros na rua do Flecheiro em Tomar.

Num dos vídeos vemos uma corrida (street racing) entre dois automóveis e noutro entre um automóvel e uma mota.

A PSP já tem sido alertada pelos moradores para este tipo de situações que, além de serem ilegais, põem em causa a segurança pública.

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Não sejam xenofobos,.
    Sejam tolerantes.
    Paguem os vossos impostos.
    Aplaudam a ação social da Câmara Municipal.
    Contemplem a ação eficaz da Oposição.
    Saudem os planos de realojamento temporario-definitivo das minotia etnicas.
    Paguem as bancadas que vão ser instaladas na pista do Flecheiro.
    Riam-se.

    • Riam-se ?
      Era bom era. Infelizmente só podemos rir das parvoíces de quem julga governar-nos e vai acumulando asneiras. São pagos pelos contribuintes mas apoiam sobretudo os que não pagam impostos (associações, clubes, ciganos, gente pobre…).
      Dois exemplos:
      1 – No Médio Tejo, Tomar é a autarquia que mais gasta em subsídios às várias colectividades e em ajudas à comunidade cigana.
      2 – Em Tomar, um pequeno comerciante que só usa a obrigatória instalação sanitária do estabelecimento para mijar e pouco mais, paga 34 euros/mês pela água/saneamento/resíduos sólidos. No Entroncamento o mesmo estabelecimento pagaria apenas 12 euros pelos mesmos serviços.
      O dinheiro tem de vir de algum lado.

  2. Se toda a gente soubesse a camara municipal recebe um fundo europeu para integração de etnias “protegidas”, de largos milhares de euros, ainda havia uma revolução em Tomar.
    Isto só acontece porque a polícia de Tomar, em complô com a camara municipal e outros organismos permitem.
    Uma vez que toda a gente sabe que vivem à base da marginalidade, agora pergunto alguém já foi lá tirar as matrículas dessas audis, desses bmw’s e foi confirmar o registo de propriedade?
    Não, relaxem não pertence a nenhum cigano, nem outros bens pertencem, mas eles andam com as coisas emprestadas?
    No mínimo era fazer um linchamento publico aos serviços sociais da camara municipal, que têm medo destes indivíduos e agem sempre em forma de os beneficiar, mas depois vão para os cafés da cidade essas mesmas assistentes sociais se lamentar.
    Triste a realidade que se vive em Tomar, existe no ar um sentimento de impunidade que nunca mais acaba enquanto não se correr com essa gente “inútil” (sim, não fazem nada pela sociedade) dai para fora, e sim aos olhos da lei os ciganos estão coletados para vender nas feiras, mas… Será que vendem mesmo 10 pares de cuecas por mês como declaram? Viva a estupidez do “pato bravo”.

    • Pois é verdade sim senhor. A câmara recebe fundos europeus destinados a melhorar as condições de vida das minorias étnicas. Neste caso os ciganos. Mas não devia receber nada, porque não cumpre as diretivas europeias.
      A Comissão europeia determinou que todas as edificações de caráter social, edificadas ou requalificadas com fundos comunitários, devem ser postas a concurso aberto a todos, em igualdade de circunstâncias, não sendo permitida qualquer forma de discriminação, mesmo positiva.
      Em Tomar toda a gente sabe que o Bairro calé se destinava a ciganos e só a ciganos desde o início, e o que o mesmo acontece com as escolas a requalificar. Apesar de o Bairro calé, numa evidente tentativa de falsificação da realidade, ter sido denomidado pela câmara “Centro de acolhimento temporário”. Temporário, não é? Está-se mesmo a ver. É como o acampamento do Flecheiro. A casa do Róflin, junto à ponte pedonal, com lareira e tudo, quando é que vai abaixo?
      Se alguém se queixar à delegação em Lisboa da União europeia, a câmara terá de reembolsar os subsídios já usados. Mas dá muito trabalho e muitos aborrecimentos. Quem quiser que trate disso.

      • É capaz de ser mais uma das consequências do nosso magnífico ensino universitário. Querem ver que os advogados de Tomar são todos do PS ?!

  3. Desconhecia que os moderadores deste blog eram advogados, e isto porque comentei aqui um dos intervenientes e simplesmente o meu comentário desapareceu. Isto já começa a parecer o tempo da Pide. Continuem assim que irão longe…….

  4. Onde anda a PSP? Para andar a fazer figura a parar pessoas inofensivas nas rotundas tudo bem, mas para estas situações já olham para o lado.
    Ponham os srs de farda azul na rua a patrulhar a cidade..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Novo parque de estacionamento junto à estação vai ter 336 lugares

Capas dos jornais locais e regionais