in

Concluídas as obras no ramal de Tomar

Durante mais de meio ano, o troço do ramal ferroviário de Tomar compreendido entre as estações de Lamarosa e de Santa Cita, foi alvo de uma empreitada de reabilitação que representou um investimento total de 2,4 milhões de euros por parte da Infraestruturas de Portugal.

Esta semana a IP anunciou a conclusão dos trabalhos que, garante “asseguram a melhoria da segurança, qualidade e disponibilidade desta infraestrutura ferroviária, bem como os níveis de comodidade e serviço para os passageiros”.

A obra incluiu a substituição integral das travessas de madeira por travessas de betão bibloco, a substituição de carril em barra curta por carril em barra longa soldada, o desguarnecimento, rebalastragem e ataque mecânico pesado e a beneficiação do sistema de drenagem em toda a extensão do troço.

Explica a IP que esta intervenção “constitui a primeira fase do projeto integrado de renovação de via do Ramal de Tomar, e que terá continuidade ainda este ano”.

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Trata-se sem dúvida de uma óptima notícia. O investimento feito augura um futuro para a via férrea que liga Tomar ao exterior. É uma das mais antigas valências de que o concelho goza e afasta, pelo menos durante os tempos mais próximos, o espectro do encerramento tão noticiado nos primeiros anos deste século.

    • Quando tiver ocasião, agradecia que facultasse, aqui no blogue, cópia das notícias do início do século sobre o encerramento do Ramal de Tomar. Uma vez que, segundo escreve, foi “tão noticiado”, só deve ter o incómodo da escolha.
      Eu é que não me recordo de quaisquer notícias no sentido do encerramento, uma vez que o ramal é das linhas com maior frequência de passageiros fora das coroas de Lisboa e Porto.
      É feio tentar iludir os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Ervas tapam passadiço da estrada do Prado

Restrições provocam filas no mercado (c/ vídeo)