in ,

Cedros vão ser desbastados

Os cedros que estão a tapar a visibilidade para a ermida de Nossa Senhora da Conceição, em Tomar, vão ser desbastados nesta sexta feira, dia 27. O objetivo é permitir que se possa ver melhor o monumento do séc. XVI.

Para a tarefa, a direção do Convento de Cristo contratou um especialista neste tipo de trabalhos.

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Extraordinária conquista! Monumental decisão! Vão barbear os ciprestes da Sra. da Conceição. Agora é que o turismo vai mesmo desenvolver-se em Tomar. Vamos ter visitantes às catadupas.
    Alguns projectores que iluminam a capela não acendem? A Torre de menagem do castelo está há anos às escuras? O parque de campismo fechou? O parque de caravanas tem erva de metro de altura? Faltam instalações sanitárias? A actual maioria camarária obstina-se em reduzir o estacionamento gratuito? Avançam obras faraónicas sem qualquer utilidade prática, ou retorno previsto? A entrada do Convento é uma vergonha? O horário do Convento não é adequado? Uma parte das muralhas já não se vê, por causa da vegetação da Mata? Falta estacionamento lá em cima? Os autocarros não podem cruzar-se na Estrada do convento? Crescem ervas pelas ruas? Há zonas na cidade antiga com esgotos da idade média?
    Tudo balelas!
    Importante mesmo é barbear a vegetação que circunda a Sra da Conceição!
    E ir organizando uns eventos e comezainas à borla. Como aquele falso cortejo templário, previsto para o próximo dia 14. Se calhar com mais uma queima da cruz templária, junto à torre sineira de Santa Maria. Como faziam os “Cruzes de fogo” na Alemanha, antes da guerra. E fazem agora os do KKK no sul dos USA. Tudo boa gente. De extrema-direita autoritária e racista, mas boa gente. Se calhar até contam com a prestimosa colaboração de alguns membros do PNR.
    Triste gente! Desgraçada terra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

TSF mostra trabalho do CDOS (c/ vídeo)

Afinal o desleixo da Capela de S. Gregório é da responsabilidade da câmara de Tomar!