in ,

Bairro “Calé” quase concluído (c/ fotos)

O conjunto de casas pré-fabricadas para realojamento de famílias ciganas em Tomar está quase concluído.

A câmara chama-lhe Centro de Apoio Comunitário Familiar mas os tomarenses já o batizaram como Bairro “Calé”.

São cinco habitações e um edifício de apoio social, tudo equipado com sistema de aquecimento a energia solar, barbecue, zona verde e lugares de estacionamento.

A intenção da câmara é realojar ali cinco famílias de etnia cigana que atualmente moram em barracas no Flecheiro.

Nesta altura falta apenas asfaltar as conexões exteriores à rede de esgotos e de eletricidade, bem como reparar o passeio mais acima.

Aquele conjunto habitacional custa aos cofres da autarquia 339.307.82 euros. As obras começaram em junho de 2018 e deviam estar concluídas no prazo de nove meses, prazo largamente ultrapassado.

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. RIDÍCULO! A câmara de Tomar merece, sem dúvida, um grande aplauso.
    E as famílias que realmente necessitam de ajuda??
    Continuem a valorizar essa gente.

  2. É uma falta de vergonha na cara. Eles não trabalham, só vive a custa do governos. Roubam, fazem barulhos, são porcos, nao tem respeito nenhum pelos trabalhadores. Literalmente suga a tetas do governo e ninguém faz nada. A gnr caga de medo deles, mas para aplicar uma multa aos cidadãos de bem fazem bem rápido. Enquanto um pessoa que trabalhou à vida toda nao consegue se reforma como se deve.
    Pra mim deveria acabar essa regalias e colocarem todos a trabalhar. Isso não quebra a mão.
    Tantas pessoas realmente necessitadas e eles ganhando tudo do bom e de melhor.
    Ridículo toda esse situação.

  3. Quanto vão pagar de renda por cada casa? Falta essa informação, temos o direito de saber. Eu para ter casa, trabalhei juntamente com a minha família, 26 anos, 14 fora do País, esta gente não trabalha, não desconta e recebem subsídios e agora uma casa!!! Boa parabens.

  4. Sem dúvida… Tanta gente a precisar e dizem que não têm direito a nada e estes tem tudo… Desde rendimentos mínimos, subsídios e casas novas…de borla… Sem dúvida, acho que ainda tenho que me amigas com um cigano

  5. sra presidente compre uma ilha deserta e meta la os lelos todos e já agora se quiser ficar la com eles e um favor que faz a Tomar assim eles não precisarão de casa nem de subsidios irão aprender a f… menos e talvez sobre uma para si !! Quem sabe?

  6. Em breve Tomar está ao nivél do Entroncamento. Habitação de quem paga impostos desvalorizada, a população trabalhadora e honesta a fugir dos problemas todos os dias causados por esta maltinha, comércio com Policia à porta para não serem assaltados ou vandalisados a toda a hora ou fechado, um espectáculo, continuem com essa Câmara que vão bem guiados.

  7. Isto ate me sobe a mostarda ao nariz… para quando bairoos assim tb para sem abrigo , para idosos despejados se suas casas,,,tenham vergonha ajudem quem realmente precisa!!!

  8. Acabem depressa com aquela que ja foi uma das cidades mais importantes do país… Tomar… Tomar… quem te viu e quem te vê… o Infante D. Henrique deve estar neste momento a dar voltas no tumulo.
    Em vez de se criarem condicoes para atrair turismo e investimento criadores de potencial desenvolvimento para a nossa cidade… Estamos a alojar gente sem escrupulos e a sustentar parasitas que so prejudicam os cidadaos que fizeram a historia desta magnifica cidade. Parabens “senhora” presidente do Municipio o seu nome vai ficar ligado aos que conseguiram dar a machadada final no que resta de um Municipio que ja foi exemplo neste pais.

  9. Eu sou uma cidadã Portuguesa, trabalho diariamente para pagar as minhas contas, ganho o ordenado mínimo, não usufruo de quaisquer subsídios do estado e sabem?! Não é fácil gerir um orçamento familiar com tantas despesas para pagar. Até me dava jeito uma casa oferecida ou uma ajuda na renda, será que também me podem oferecer uma casa?! Ah não! Claro que não! Este tipo de dádivas é apenas para os não contribuintes do nosso país e para quem rouba, para quem tem subsídio de tudo e nada. Enfim, é uma miséria! Tantas pessoas a precisar verdadeiramente de ajuda e dão tudo a este tipo de pessoas que em nada contribuem para o desenvolvimento do nosso país

  10. O bairro 1º de Maio (mais conhecido por Bairro Salazar) já foi contemplado com ciganos. Estão em reparação e remodelação casas para o alargamento do bairro calé. Tudo à custa do dinheiro do contribuinte. Para estas obras não se vê informação nem dos custo nem de prazos de acabamento. A sra presidente faz muita solidariedade com o dinheiro contribuinte. Melhorias no concelho como infraestruturas como saneamento básico no concelho isso não se faz, o dinheiro do contribuinte falta para para a sra presidente fazer solidariedade com gente que são portugueses quando a lei lhe é favorável mas quando a lei os chama a cumprir os deveres isso não pode ser porque são uma minoria e aí já têm a sua cultura. Mais a cultura insttucionalidade de comerem o pão ganho pelos outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Filmes de culto em exibição

Mercado de Santarém fecha para obras (c/ vídeos)