in ,

Aula online pirateada e professora alvo de ofensas (c/ vídeo)

Este é um exemplo de uma aula online que foi acedida por terceiros em que a professora é ofendida ao ponto de ter de suspender a aula.

Aconteceu no norte do país mas pode acontecer em qualquer lugar porque o problema, além da falta de educação e de respeito dos intrusos, é a falta de segurança no acesso às plataformas de ensino à distância.

O vídeo partilhado nas redes sociais é apenas um dos muitos casos que já motivaram queixas por parte de alguns professores e dos sindicatos do setor.

Covid-19. Aulas online estão a ser pirateadas: Sindicato fala em riscos para a “integridade académica”

Zoombombing preocupa professores e Fenprof avança com queixa de roubo de dados em plataformas de aulas online

Youtuber “infiltra-se” em aulas online e professores cancelam-nas

 

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Ação a tomar por qualquer professor num caso destes: acabar com as aulas através da NET. O ministro que contratualize, primeiro, canais seguros para comunicar. Profissionais não podem estar ah mercê de patetas como o ministro cujo único problema é desenrascar a situação. Diga-se o mesmo das direções das escolas.

  2. O problema é que, se qualquer aluno tiver esta atitude, o professor não o pode silenciar ou expulsar da aula. Ou seja, 1 aluno pode boicotar a aula da turma inteira. E não tenho dúvidas que alguns deles vão entrar nas aulas só para o poderem fazer.

  3. Identificar turma junto da direção da escola. Gravação é pública neste momento ( não deveria ser) torna-se mais fácil identificar esses energumenos e puni-los exemplarmente!

  4. Para mim esses alunos teriam de ser identificados. E deixavam de ter acesso à plataforma. Teriam de repetir o ano novamente. Motivo: desacato, desobediencia e falta de educação. Os pais deveriam ser chamados às autoridades para pedirem desculpa à professora com o monstro do filho.

  5. Porquê que não há de poder? Expulsa-o da video-chamada. Acho que com este método de ensino é mais fácil de gerir essas situações. Só assiste à aula quem realmente quer aprender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Câmara de Tomar ajuda Leiria a ser Capital Europeia da Cultura em 2027

Sapador florestal: aberto concurso para 21 vagas