DestaqueSociedade

Abrantes: Tribunal proíbe condutor bêbedo de ter álcool em casa

Um serralheiro de Abrantes, que já tinha sido condenado duas vezes por conduzir embriagado, foi mais uma vez condenado pelo tribunal local desta vez por ter provocado um acidente a 6 de março de 2020.

A notícia do Correio da Manhã refere que o homem invadiu a faixa contrária, quando conduzia com uma taxa de álcool no sangue de 2,35 gramas por litro.

Em relação a este último caso, o tribunal de Abrantes condenou o homem a uma pena suspensa de seis meses por condução perigosa. Fica ainda proibido de “possuir quaisquer tipos de bebidas alcoólicas dentro da sua residência” e terá de manter-se “sem ingestão de bebidas alcoólicas”. Não poderá também “frequentar cafés, bares e outros estabelecimentos que procedam à venda de bebidas com álcool (exceto supermercados ou hipermercados)”, cita o mesmo jornal.

Resta saber como é que o tribunal vai fiscalizar a aplicação destas proibições.

 

Tribunal em Santarém proíbe homem de ter álcool em casa

abrantes trib 1

One Comment

  1. Estar impedido de ter bebidas alcoólicas em casa será provavelmente uma medida constitucional!
    O consumo de bebidas alcoólicas, por si só, é legítimo. Apenas está sujeito a regulamentação e taxas máximas em determinadas actividades, nomeadamente no efetivo exercício da condução.
    Depois punir eventuais familiares, convidados, etc., não tem qualquer cobertura legal.
    Parece-me que neste ponto o tribunal extravasou as suas competências!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.