InsólitoDestaque

Sanitários da Várzea Grande vão ser a pagar (c/ áudio)

Apesar de as obras já terem terminado em fevereiro, as novas casas de banho públicas da Várzea Grande, junto à estação ferroviária de Tomar, continuam fechadas.

Intrigado com este atraso, o vereador Tiago Carrão (PSD) perguntou ontem na reunião de câmara qual a razão para os sanitários não abrirem.

“Nós vamos colocar aqueles WCs a pagar” respondeu a presidente de câmara, explicando que não encontram no mercado moedeiros que funcionem com o valor de 20 cêntimos, quantia que os utilizadores têm de desembolsar para utilizar as casas de banho.

drive banner horarios

Anabela Freitas acrescentou que os WCs estão abertos quando há eventos na Várzea Grande e que o problema é não haver garantia por parte dos fornecedores de que os moedeiros funcionem com moedas de 20 cêntimos.

Um argumento utilizado sete meses depois de concluídas as obras, quando seria expetável que a solução já estivesse prevista no projeto inicial.

As obras de remodelação destas casas de banho foram executadas pela empresa CANAS – Engenharia e Construção, por 102.018 euros, com base no projeto do arq. Lourenço Gomes, o mesmo que projetou a obra da Várzea Grande.

Sanitários da Várzea Grande estão fechados mas têm luz à noite

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo