in

Tomar 2018: foram mais as empresas que fecharam do que as que abriram

Dados oficiais do Instituto Nacional de Estatística (INE)

Tomar. Foto de Orlando Oliveira

89-59, é este o resultado final do balanço entre as empresas que foram dissolvidas e as que foram criadas no ano passado em Tomar. São dados oficiais do Instituto Nacional de Estatística (INE) que revelam um cenário negativo no mundo empresarial do concelho.

Segundo os números do INE, em 2018 foram constituídas 59 pessoas coletivas e entidades equiparadas, mas foram dissolvidas 89.

Comércio, construção civil e alojamento e restauração são os setores de atividade económica onde se verifica o surgimento de mais empresas. Onde se verifica mais dissoluções é nas áreas de comércio, restauração e agricultura.

Constituição e dissolução de empresas em Tomar – 2018

Dissolução de pessoas coletivas e entidades equiparadas Constituição de pessoas coletivas e entidades equiparadas
Janeiro 13 9
Fevereiro 6 3
Março 23 7
Abril 7 3
Maio 3 6
Junho 4 6
Julho 6 2
Agosto 2 1
Setembro 7 3
Outubro 6 5
Novembro 5 7
Dezembro 7 7
TOTAL 89 59

Fonte: INE

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Muito maus sinais, mas ainda piores se se compararem as dimensões das empresas em causa. Pode acontecer que novas empresas são unipessoais e as que encerram terem dezenas de trabalhadores ( foi o caso das muitas que encerraram em Tomar nas últimas décadas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

140 anos de imprensa tomarense

Cães vadios matam dezenas de ovelhas no concelho de Tomar