EconomiaDestaque

Nova associação pretende defender ambiente na albufeira de Castelo do Bode

Chama-se AEPACB – Associação de Eco Proteção de Castelo de Bode e foi fundada a 4 de março por escritura num dos cartórios notariais de Tomar.

A nova associação tem como sócios fundadores Ana Cristina Branco Simões, António Lourenço dos Santos e Pedro Moleiro, empresários ligados à albufeira de Castelo do Bode.

A batalha contra o projeto de criar uma central fotovoltaica flutuante nas águas da albufeira terá sido um dos pretextos para a criação da nova associação, que tem sede em Vale Cabrito, na união de freguesias de Madalena e Beselga.

banner728x145 maior taxa Prancheta 1

Segundo os estatutos, a nova associação tem como objetivos “proteger, fomentar, salvaguardar e melhorar o estado dos ecossistemas aquáticos e também dos ecossistemas terrestres e zonas húmidas diretamente dependentes dos ecossistemas aquáticos, na área envolvente da albufeira da Barragem do Castelo de Bode, promover uma utilização sustentável de água, baseada numa proteção a longo prazo dos recursos hídricos disponíveis da albufeira da Barragem do Castelo de Bode, obter uma proteção reforçada e um melhoramento do ambiente aquático, nomeadamente através de medidas específicas para manutenção e aumento das espécies e faunas marítimas existentes e assegurar a redução gradual da poluição das águas subterrâneas e evitar o agravamento da sua poluição”.

Outros dos objetivos passam por “mitigar os efeitos das inundações e das secas, assegurar o fornecimento em quantidade suficiente de água de origem superficial e subterrânea de boa qualidade, conforme necessário para uma utilização sustentável, equilibrada e equitativa da água, proteger as águas marinhas, incluindo as territoriais e assegurar o cumprimento dos objetivos dos acordos internacionais pertinentes, incluindo os que se destinam à prevenção e eliminação da poluição no ambiente marinho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.