Economia

Como os professores estão usando os jogos na aprendizagem

- Publicidade -

Descubra as estratégias mais atuais para usar os games na Educação. O que é gamificação e quais jogos vem funcionando? Vale a pena usar a internet?

Jogos e Educação: Como os Professores Estão Aproveitando os Games na Aprendizagem

Desde que a tecnologia evoluiu, os tipos de jogos são muitos: estratégia, esportes, RPG, Puzzles, online casino e muitos outros. É claro que essa evolução faria algum efeito na sociedade, e hoje observamos isso com clareza nas escolas. Há um grande contraste entre a educação atualmente e o modo de vida focado nos celulares e telas. O resultado disso é óbvio: os alunos estão cada vez menos interessados no modelo tradicional de escola e o rendimento acaba caindo muito.

Como solução, surgiu a ideia de gamificação da aprendizagem. Gamificação significa fazer o ensino se tornar um jogo, como tantos outros que as próprias crianças e adolescentes procuram hoje em dia. Neste texto, vamos mostrar como os games são utilizados pelos professores e escolas. Uma curiosidade, acredite se quiser: há relatos até mesmo do uso de jogo de casino na educação. Será que isso realmente resgata o interesse dos alunos? Confira!

Jogos na sala de aula – como aproveitar

- Publicidade -

É claro que a forma de usar os games varia conforme as idades dos estudantes. Com crianças, os jogos e brincadeiras aliados ao ensino já são comuns em muitas escolas. Porém, é bom ressaltar que até mesmo as empresas vem aproveitando a gamificação para melhorar a experiência dos funcionários. Vamos pensar agora algumas ideias para ajudar nisso.

Histórias e mistérios

Uma ideia muito comum é fazer a turma se juntar em grupos para solucionar mistérios. Isso funciona ainda melhor quando há uma historia por trás. Vários games de tabuleiro e até mesmo videogames são baseados nisso. Basta aliar essa mesma lógica à descoberta de parte dos conteúdos e tornar a aprendizagem mais divertida.

Jogos de matemática

Seria a matemática a disciplina mais temida entre os estudantes? Bom, o fato é que ela pode se tornar muito estressante se não for ensinada de uma forma mais leve. Essa matéria já envolve um tipo diferente de pensamento, por isso, muitos professores decidem aproveitar os games nela. Confira alguns exemplos de jogo na tabela.

Games aplicados na matemática

Competição em gruposDivide-se a sala em 2 grupos e os desafios são apresentados. Você pode recompensar por pontos os vencedores, sem deixar de reconhecer o outro grupo. Por estar em grupo, isso dilui a sensação de competitividade e faz os alunos se reconhecerem na matéria
Jogo de tabuleiroAo acertar mistérios matemáticos, os alunos podem avançar uma casa. Misture isso com outras regras que tornem o jogo divertido
QuestionáriosCriar um quiz para deixar o ensino mais interativo. Nada menos eficaz que uma aula em que o aluno fica apenas preso a uma cadeira escutando. Procure valorizar os erros também

Essas ideias não são aplicáveis apenas na matemática, é claro. Veja mais exemplos de aplicações comuns dos jogos nos tópicos abaixo. Também incluiremos a tecnologia nisso.

Games em outras disciplinas

Cada disciplina acaba pedindo um tipo diferente de ensino, e claro, de jogos. Para a língua portuguesa, por exemplo, as palavras cruzadas e soletrando podem ser os exemplos ideais. Os quebra-cabeças também são ótimas opções, nessa e outras matérias. Na Geografia e História, os alunos podem interagir diretamente com a experiência de ser de uma nacionalidade ou estar em um dos diferentes países. Simular guerras, diálogos entre as regiões e outras práticas. Linhas do tempo e mapas grandes podem ser opções para juntar grupos em torno de um só objetivo.

Saindo do tempo das cavernas: Plataformas online

As novas gerações têm um contato frequente com as telas, e por mais que já haja um excesso bem prejudicial nisso, em alguns casos é inevitável aplicá-las. Por isso, além de utilizar os jogos online, muitos professores optam por plataformas online ou aplicativos voltados para a aprendizagem.

Existem vários exemplos de sites que apoiam nisso, permitindo a criação de questionários, desafios e brincadeiras dos mais diversos tipos. Nessas turmas online, a vantagem não é só para os alunos. Os professores também se beneficiam, recebendo relatórios, insights e podendo até mesmo reduzir seu trabalho de correção. Se você é professor, com certeza gostou dessa parte.

5 benefícios dos jogos na educação

As vantagens de utilizar os games são muitas. Reunimos algumas observadas na prática em escolas:

  1. Cria aproximação do aluno com a escola, e a disciplina.
  2. Habilidades novas, incluindo sociais ao trabalhar em grupo.
  3. Para o professor – mais dados para analisar o desempenho e interesse.
  4. Percepção do progresso pelo aluno e pelo professor fica mais fácil.
  5. Aumenta a motivação e o interesse no aprendizado.

Conclusão

Os jogos são mais antigos que a própria internet e tecnologia eletrônica. Porém, com o surgimento dessas duas, a aplicação dos games parece algo bem mais necessário e demandado pelos estudantes atualmente. A sociedade mudou, e a escola também precisa mudar. A sorte é que existem várias estratégias para utilizar a gamificação na aprendizagem. Essa é uma estratégia excelente para criar interesse e motivação, duas partes fundamentais de qualquer ensino.

 

- Publicidade -

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo