EconomiaDestaque

Autarca de Santarém critica ordenado de 6 mil euros do diretor-geral da Resitejo

- Publicidade -

O Diretor geral da RSTJ (Resitejo), Joel Marques, tem um ordenado mensal de 6 mil euros, remuneração que a maior parte dos autarcas que fazem parte da empresa desconheciam.

A revelação, em tom de crítica, foi feita pelo presidente da câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, na reunião do seu executivo do dia 23 de janeiro.

Entre outras “situações que não conseguimos explicar”, o autarca, que é o presidente da assembleia geral RSTJ (Resitejo), revelou que desconhecia a existência daquela remuneração, muito acima do que ganham os próprios presidentes de câmara.

A RSTJ “tem um diretor-geral que ganha 6 mil euros por mês e ganhando 6 mil euros devia ter outro tipo de resultados que não estão a conseguir”, criticou Ricardo Gonçalves.

Disse também não entender porque é que o rácio de pessoal na RSTJ está acima da média do setor.

- Publicidade -

O assunto foi abordado na reunião de câmara a propósito do aumento da fatura da água, na qual a chamada “taxa do lixo” está indexada.

O autarca escalabitano criticou também os preços cobrados pela RSTJ por cada tonelada de lixo recolhido, comparando com outros “sistemas aqui ao lado como a Valoriz ou a Valorsul que pagam muito menos do que nós pagamos”. “Não entendemos este constante aumento constante dos custos” na RSTJ, afirmou Ricardo Gonçalves.

A empresa já não publica atas há mais de um ano e as últimas notícias publicadas no seu site oficial datam de 2020.

Sobre a remuneração do diretor geral da RSTJ, solicitámos informações por email a 7 de fevereiro e até agora não recebemos qualquer resposta.

A missão da RSTJ é gerir e tratar os resíduos sólidos urbanos produzidos em 10 municípios: Alcanena, Chamusca, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Golegã, Santarém, Tomar, Torres Novas e Vila Nova de Barquinha. 10 municípios: Alcanena, Chamusca, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Golegã, Santarém, Tomar, Torres Novas e Vila Nova de Barquinha.

Declarações do presidente da câmara de Santarém sobre a RSTJ, ver aos 46m20s

 

- Publicidade -

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo