DestaqueSociedade

Praga de baratas na parte nova da cidade

Têm-nos chegado vários relatos de pragas de baratas na parte nova da cidade, nomeadamente perto do bairro da Caixa e na rua Diogo de Arruda.

Os moradores de alguns prédios já têm feito desbaratizações por sua conta, mas o problema é que as baratas vêm pelos coletores de esgotos e entram nas casas pelas canalizações.

Há o relato de um morador na rua Diogo de Arruda que matou dezenas de baratas na sua garagem. Já em 2020, alguns moradores desta rua fizeram uma exposição à câmara a alertar para o problema, mas não receberam qualquer resposta.

banner728x145 maior taxa Prancheta 1

Em dois blocos de prédios em frente ao CIRE, as baratas apareceram em vários andares e nas garagens. Um morador refere que as baratas entraram em sua casa através dos esgotos das máquinas de lavar, roupa e louça.

Entretanto, um morador da rua Cavaleiros de Cristo (atrás do “Liceu”) enviou-nos uma informação a dar conta de que já viu e matou várias baratas, “um problema que afinal é muito mais abrangente do que se pensa”. 

Se tem conhecimento de outros casos, diga-nos –

 

Proponha uma correção, sugira uma pista: 

Envie fotos e vídeos para ou por aqui

Gostou de ler este artigo? Então, partilhe e apoie-nos nesta missão de informar!

1 comentário

  1. Faz todo o sentido! É ao lado dessa rua.
    Estive à dias no jardim junto à biblioteca e inclusive na relva é possível encontrar talvez até centenas de pequenas baratas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.