in ,

Eleições no CIRE: lista C apresenta experiência como trunfo

20201206 201056 1

Em contagem decrescente para as eleições no CIRE – Centro de Integração e Reabilitação de Tomar que se realizam na sexta feira, dia 11, das 18 às 19 horas, e com duas listas a sufrágio, cresce a expectativa sobre qual conquistará mais votos.

aqui publicámos o manifesto eleitoral da lista encabeçada por Célia Bonet, atual vereadora na câmara de Tomar e presidente da Caritas, e hoje a lista liderada por Fátima Duarte enviou também o seu manifesto. São dois textos, um da cabeça de lista e outra de Ricardo Lopes, que integra o elenco para a direção, dois profissionais que trabalham em instituições sociais em Ourém.

À semelhança do que fizemos com a outra lista, publicamos agora os propósitos da lista C:

Juntos, o futuro será equitativo”

A candidatura a uma IPSS é um ato de respeito, responsabilidade, cidadania e solidariedade pela mesma, bem como pela população que serve, é com este intuito que apresento a minha candidatura.

Os meus anos de experiência na área social e de trabalho efetivo como Diretora da APDAF – Associação para a Promoção e Dinamização do Apoio à Família, em Ourém, proporcionou-me uma vasta experiência sobre as dificuldades que se vive neste setor, experiência que eu gostaria de humildemente pôr ao serviço do CIRE. 

As dificuldades são muitas, nós sabemos que as políticas sociais por vezes falham, mas juntos tudo é possível, “O sonho comanda o homem”. Esta direção quer convidar-vos a abraçar este projeto comum, um projeto que gostaríamos que fosse nosso/vosso e deles, “juntos o futuro será equitativo”.

A nossa estratégia de intervenção passará sempre pela análise criteriosa da situação atual do CIRE, em todas as suas vertentes. Conhecer as necessidades efetivas desta grande Família; Família, porque é disso que se trata, de famílias que necessitam ser cuidadas e acarinhadas, de trabalhadores que fazem desta instituição a sua segunda casa e que necessitam de estabilidade para bem cuidar do outro.

O levantamento das necessidades de cada uma das valências existentes, será outro passo indispensável, com o intuito de as consolidar, estruturar e projetar para o futuro, valorizando o património existente.

Se a nossa equipa ganhar, temos imensas propostas e ideias para o CIRE, queremos elaborar um plano estratégico a curto e médio prazo para os próximos 4 anos, mas queremos fazê-lo com os técnicos e com os trabalhadores da instituição. O Capital humano de uma instituição é o que ela tem de mais valioso, pois eles são o seu espírito e a sua alma. Por esta razão é tão importante que cada um dos elementos da instituição esteja em sintonia com a visão e a missão da mesma.

O objetivo maior será sempre proporcionar qualidade de vida, sorrisos, gargalhadas e limpar lágrimas aos nossos meninos(as) e às suas famílias.

Um futuro promissor, solidário e repleto de desafios, é a nossa promessa.

Fátima Duarte, Candidata da Lista C a Presidente da Direção do CIRE

 

 

A Vida é feita de desafios e foi com muito gosto que aceitei este para fazer parte desta equipa para os Órgãos Sociais do CIRE. É uma Instituição que dá apoio a uma População que me é muito querida, não fosse eu Técnico Superior de Educação Especial e Reabilitação do CRIO, instituição congénere do Concelho de Ourém desde 2002.

Espero com a minha Experiência e Conhecimento da População em causa, e também das dificuldades com que se debatem diariamente, trazer uma mais-valia para o Futuro desta Nobre Casa. Fui aprendendo com o tempo e com as sábias palavras do Presidente do CRIO, Professor Mário Albuquerque, que “Estamos cá pelas Crianças”. Este é o Lema que me tem guiado nestes 18 anos que trabalho na área da Deficiência.

Sendo as “crianças” o Ponto Fundamental, outros não podemos esquecer que são a “Alma da Casa”, os seus funcionários, desde os da Secretaria, às Direções Técnicas das várias Valências, passando por Monitoras, Motoristas, Técnicos, Amas, Professores, Educadoras, Cozinha, Limpeza, etc. todos sem exceção são peças importantes e essenciais neste xadrez tão complicado que é a Deficiência em todas as suas singularidades. São eles que dão corpo à Causa, porque eu sei, estas “Crianças” são uma segunda Família, porque se assim não for, não há vocação, apenas obrigação. E para se trabalhar no CIRE é preciso vocação, vestir a Camisola, sofrer, chorar, rir, saltar e amar estas “Crianças” tão Especiais em todas as suas dificuldades.

Termino com a promessa que podem esperar de mim Dedicação, uma Visão de “dentro” da Casa, de alguém que Vive, Respira, Chora e Ri por cada segundo que pode contribuir para o Sucesso das nossas “Crianças” sem nunca esquecer os medos e anseios de quem trabalha e que, em casa, também tem uma Família que procura estabilidade para simplesmente levantar-se e ir trabalhar a Sorrir.

Ricardo Lopes, Candidato da Lista C a Secretário da Direção do CIRE

 

Lista C

Direção

Presidente – Fátima Duarte

Secretário – Ricardo Lopes

Tesoureiro – João Cunha Machado

Suplente – António Tavares Martins

Suplente – Sílvia Silva

Suplente – Joana Nunes

Assembleia Geral

Presidente – António Carvalho

1.º Secretário – Vasco Marques

2.º Secretário – Carlos Ribeiro

Conselho Fiscal

Presidente – Francisco Madureira Salgueiro

Vogal – António Costa Marques

Vogal – Anabela Mota

Suplente – Rui Costa

Suplente – Fernanda Marçal

Suplente – António Manuel Jorge

 

Célia Bonet e Fátima Duarte candidatam-se à presidência do CIRE

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. Coitados dos desgraçados que vão assumir a direção. Boa sorte, para os que entrarem. As contas são uma vergonha e alguns ordenados pagos são um absurdo de tão altos que são. Não vai ser fácil pôr ordem na casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
natal 2020 carlos silva 48594 1786897821581859451 n

Imagens de Tomar pelo Natal

cm Tomar

Reunião de câmara transmitida pelo canal Youtube de uma rádio