DestaqueInsólito

Afinal pistola de idoso na Caixa Geral de Depósitos era um brinquedo

- Publicidade -

Aquilo que se pensava ser uma arma de fogo real, era afinal uma pistola “a fingir”, um brinquedo, o que o idoso trazia junto do tornozelo na agência da Caixa Geral de Depósitos na Corredoura, em Tomar. Mas foi o suficiente para criar alvoroço e acionar um forte dispositivo policial na tarde de terça feira, dia 27.

Num esclarecimento enviado pelas Relações Públicas da PSP a “Tomar na Rede”, a polícia confirma que “não foi em momento algum utilizado o objeto em apreço para a concretização de qualquer tipo de crime”.

Acrescenta que “a situação foi alertada a esta Polícia apenas por receio, por parte de terceiros, os quais visualizaram o objeto, em coldre próprio para armas de fogo, junto do tornozelo do indivíduo/suspeito”.

O indivíduo foi conduzido à esquadra da PSP de Tomar apenas para identificação.

Trata-se de um homem com idade entre os 80 e 90 anos, ex-emigrante, residente em S. Pedro de Tomar, que argumentava ser aquela uma forma de se proteger em caso de assalto.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 comentário

  1. Como muita razão ,então na “cgd” , (sim com letra pequena ) ,não merece mais esta coisa !!!
    Este homem quando vai á cgd já sabe que foi roubado !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo