DesportoDestaque

Elite Cup em Tomar vai custar quase 180 mil euros à autarquia

Aumentou de 140.220 euros para quase 180 mil euros o custo da prova de hóquei em patins Elite Cup a disputar em setembro em Tomar.

Mais uma vez, para a realização da Elite Cup em Tomar, a câmara fez um ajuste direto com a empresa SigmaConstellation, Lda, de Loures, por 178.350 euros (145 mil euros+IVA).

contrato para este ano foi assinado no dia 20 de maio, entre o vice-presidente da câmara, Hugo Cristóvão e Paulo Filipe Faria, representante daquela empresa.

tomardrive banner out. rodape 2020 41 7293055622693185155 n Copia

Na 6ª edição da Elite Cup participam as oito equipas melhor classificadas no campeonato nacional. Vai ser disputada em setembro no pavilhão municipal de Tomar.

 

4 comentários

  1. É uma pena a informação independente que ainda resiste em Tomar não dispor de meios para fazer jornalismo de investigação. Neste caso, convinha saber, por exemplo, qual foi a receita de bilheteira resultante dos 140 mil do ano passado, qual foi o aumento documentado da clientela hoteleira e restaurativa no concelho, qual foi a cobertura noticiosa nacional do acontecimento. Sem tais elementos, é só escrever para a galeria. Palavras leva-as o vento.

  2. Com tanto dinheiro camarário para ajudar uma simples equipa de província de hóquei em patins, depois não se admirem os senhores autarcas que haja cada vez mais tomarenses-contribuintes a “calçar os patins”…

  3. Calculo que seja difícil jornalismo de investigação em Tomar, quando a Câmara não é o melhor exemplo de transparência, infelizmente não é caso único e penso que se deva principalmente à falta de meios humanos para essa tarefa. Algo em que o Estado português deveria melhorar e muito à semelhança da Finlândia, p.e..
    Ressalvo, não defendendo o blog, que a notícia não revela uma posição favorável ou não ao custo inerente da prova, a nossa conclusão é que o faz inconscientemente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo