in ,

Várzea Grande começa a ganhar forma (c/ fotos e vídeo)

Várzea Grande

Com a colocação dos lancis, começa-se a perceber o desenho final da Várzea Grande e ruas adjacentes, espaço que está em obras desde setembro de 2019.

Nesta altura, a zona apresenta-se árida uma vez que foram derrubadas todas as árvores. Só sobreviveram duas, as que estão mais próximas do palácio da justiça. Entretanto, o empreiteiro já plantou meia dúzia de árvores de porte médio na zona da antiga messe dos oficiais.

Ao contrário do que a câmara de Tomar prometeu, a obra não está a ser feita por fases, mas sim como um todo. A ideia inicial era intervir por fases possibilitando que se pudesse estacionar nas zonas sem obras. O que se verifica é os trabalhos decorrem em simultâneo em toda a área da Várzea Grande e ruas envolventes, criando graves problemas de estacionamento.

A obra da Várzea Grande está a ser executada pela empresa Angulo Recto – Construções, Lda., de Vila Nova de Famalicão, e vai custar perto de três milhões de euros.





Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. De facto começa a tomar forma a convicção de que o espaço foi arrasado para reconstruir, sem se perceber para quê. Mas na falta de ideias para aplicação do dinheiro em ações que melhorassem serviços, como estacionamento, ou REPRODUZAM riqueza, como atrair manufaturas, embelezou-se o sítio para passeio de reformados e valorizar as moradias adjacentes.

    • Totalmente de acordo. Com uma dúvida metódica: Se antes a câmara não tinha sequer recursos humanos para assegurar a manutenção dos canteiros que envolvem o padrão central, onde as ervas chegaram a ter mais de um metro de altura, e os candeeiros estavam na lástima que ainda se pode ver, como é que tenciona no futuro cuidar do novo conjunto exclusivamente ornamental? Vai celebrar mais um ajuste direto com um empresário amigo? Ainda não pensaram no assunto? No próximo mandato logo se vê?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Restaurantes preparam-se para reabrir (em atualização)

No Flecheiro o lixo vai de carrinho