in ,

Torre de menagem finalmente iluminada

Depois de algum tempo às escuras, a torre de menagem do castelo de Tomar volta a estar iluminada.

Na noite desta quinta feira, o elemento mais alto do castelo, que há séculos servia de torre de vigia e de último reduto em caso de invasão, volta a ser visível à noite com toda a sua imponência.

Este assunto chegou a ser abordado em reunião de câmara há alguns meses. Nessa altura a presidente justificou o facto de alguns projetores do monumento estarem apagados como forma de obrigar a Direção Geral do Património Cultural a pagar a fatura de eletricidade que é paga pela autarquia.

Câmara corta na iluminação do castelo para obrigar DGPC a pagar eletricidade

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. É mais um exemplo da lamentável falta de pontualidade dos serviços camarários. Há anos que a dita torre de menagem estava sem iluminação. Essa de tentar obrigar a DGPÇ a pagar a iluminação não passa de uma desculpa esfarrapada. A autarquia já fez algum pedido nesse sentido? Já apresentou alguma factura? Sabe pelo menos quanto lhe custa a iluminação do castelo? Se sabe, porque nunca disso informou a população? Acha que “a carneirada” (a expressão não é minha) não tem direito à informação? Para quando um comportamento dos senhores autarcas da maioria civicamente mais decente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Que terra é esta?

Conferência sobre “Os Papas e Fátima” na igreja de Santa Maria do Olival