in ,

Tomarenses criticam não realização da feira de Santa Iria

feira faro
Feira de Santa Iria em Faro

É com perplexidade que a maioria dos tomarenses se interroga porque não se realiza este ano a feira de Santa Iria em Tomar.

Em várias cidades do país por esta altura há feiras populares, mas em Tomar a câmara decidiu não realizar, ainda com o argumento da pandemia.

Há apenas, de 15 a 24 outubro, no mercado municipal de Tomar, uma tasquinha das coletividades e meia dúzia de vendedores na feira de frutos secos, que funciona no mercado.

Enquanto isso, cidades como Faro e Ourém realizam as suas feiras com quase toda a normalidade. Da parte da câmara de Tomar não há qualquer informação nem comunicado sobre a não realização da feira de Santa Iria.

“Estou muito admirada porque este ano não fazem a feira no espaço exterior como por exemplo os frutos secos e outras coisas. Há alguma ordem da DGS? Em Ourém têm até divertimentos. Acho tudo muito estranho. Ninguém explica nada sobre o assunto”. Esta foi uma das mensagens que nos enviaram.

 

Reportagem da TVI

A FEIRA DE SANTA IRIA VOLTOU À CIDADE DE FARO

Feira de Santa Iria cancelada mais uma vez

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
    • Já foi explicado por quem de direito, o porquê de não se realizar a feira de Santa Iria como antes.

      Mas as más línguas teimam sempre em aparecer.

      • É tal e qual como os cachorros tornados cegos pela política. Por mais que se insista não conseguem enxergar a realidade.
        O problema não é a feira como antes ou como depois. O problema é não haver um local para fazer a feira com respeito pela sua tradição. O problema é uma maioria autárquicas que em vez de fazer esbandalha. E depois ainda mandam os seus lacaios, todos pimpões, (ou será pompeus?) atacar quem critica, como neste caso. Uma vergonha.

  1. Montar uma feira desta invergadura têm que ser quase de um ano para o outro, como estamos a atravessar esta crise e com as restrições da DGS, era complicado assumir compromissos, por sorte e por bem houve um alivio deste maldito virus, o que começar à um mês ou dois atrás era quase impossível, e se tivessem acertado tudo com os diversos envolvidos, e a coísa piorasse, de certeza que exigiam indemnizações. Depois as empresas e divertimentos envolvidos, também têm os seus timings. Informo ainda que esta dura decisão, foi aprovada por maioria em reunião do executivo. Abraço.

  2. E essa maioria do executivo também será composta por pessoas que não sabem escrever, mas atrevem-se?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
psp paulo quinteiro

Superintendente Paulo Quinteiro é o novo comandante distrital da PSP

Guarda Florestal gnr

GNR abre concurso para admissão de 92 guardas-florestais *(atualização)