in ,

Recuperação de prédio na Corredoura divide opiniões

Podemos fazer um exercício do género “descubra as diferenças”. A recuperação de um prédio na Corredoura, centro histórico de Tomar, está a suscitar algumas críticas na redes sociais com as opiniões a dividirem-se entre os que acham uma obra bem feita e outros que criticam a nova arquitetura e as alterações na fachada.

 

Antes

 

Agora

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Acho que a cruz pátea não tem ali cabimento. Preferiria manter o objecto anterior. Tenho saudades, isso sim, das cruzes de Cristo nos passeios da zona histórica.

  2. Como sempre nesta cidade, uns podem fazer tudo o que apetece e outros nada, e ainda levam coimas e multas por nada ter feito! Os fiscais realmente só vem as coisas quando não lhes dão os subornos a que estão habituados!

  3. Beautiful!! Love the extra detail and added dimension. We feel that no one has the right to criticize until they look at their own home. If you don’t maintain the facade of your home or building and yet criticize those who make a difference and make this town beautiful, you don’t have a right to say anything.
    Who ever upgraded this building – THANK YOU!

  4. Não é nenhum atentado, mas os cachorros – elementos de suporte, no 2º piso, qual é a função?
    Só como elementos decorativos são dispensáveis.
    Pior são as edificações degradadas sem manutenção, como exemplo máximo a Praça da República / Corredoura e outras zonas do chamado centro histórico da Cidade.
    Aplaudir estas iniciativas, ainda bem que não agrada a todos!
    Senão a sopa é sempre a mesma.

  5. Seria uma pequena oportunidade ou pretexto para algum debate sobre a política de cultura da edilidade. Neste caso da cultura urbanística ou arquitectónica. Se é que tem alguma.
    Nós munícipes nunca tivemos capacidade para interpelar ou interrogar essas criaturas políticas sobre essa coisas que eu acho que eles “não fazem a mínima”, que é ou seja a cultura.

  6. Sempre que se faz algo diferente em Tomar vêm logo estes velhos do restelo dizer mal! Realmente aquele grafiti no Rio Nabao nao podia estar mais adequado a um povo tacanho e pobre de ideias!
    Porque os poucos que as têm ainda levam com estes comentários de quem parece nunca ter saído da aldeia! Enfim…

    • As pessoas apenas estão a expressar a sua opinião ditada pelo seu gosto. Até agora ninguém se manifestou abertamente contra o trabalho feito.
      Não confunda pedidos com marmelos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

“Truca” contra os percevejos

U. Tomar perde em Abrantes