SociedadeDestaque

Para quando a plantação de novas árvores na Várzea Grande?

Já passou um ano desde que os cerca de 60 Jacarandás plantados na Várzea Grande em Tomar morreram.

O prazo de garantia da obra de requalificação da Várzea Grande está a esgotar-se e a câmara de Tomar parece não se preocupar com o problema.

O cenário naquela praça continua desolador e árido, com os troncos secos nos canteiros laterais.

banner728x145 maior taxa Prancheta 1

Durante o prazo de garantia da obra (12 meses) compete ao empreiteiro substituir as árvores que secaram, mas até agora nada foi feito.

Morreram todos os Jacarandás da Várzea Grande

1 comentário

  1. O jornalista a escrever como se não soubesse mais do que aquilo que consta desta notícia.
    Regra geral, as obras municipais ou governamentais, avançam para benefício de toda a comunidade. Em Tomar há muito que assim não acontece. E no caso da Várzea grande foi e é evidente. Tratou-se de obra cara para encher o bolso de quem projetou, de quem facilitou e de quem executou. Não tem qualquer outra utilidade em relação ao que estava antes. Acessoriamente para encher o olho e mostrar obra feita.
    Sabendo muito bem a teia em que foi forçado a envolver-se para vencer o concurso e para concluir a obra menos os sanitários, o empreiteiro não está mesmo nada interessado em substituir as árvores, que de resto nem sequer são adequadas para aquele local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.