Sociedade

Ourém: condenada por colocar piripiri na vagina da namorada do ex-marido

O caso aconteceu em julho de 2011, foi julgado no tribunal de Santarém no início de 2018 e culminou agora com o acórdão do Tribunal da Relação de Évora.

Uma mulher de Ourém, de 45 anos, foi condenada a quatro anos de prisão, com pena suspensa, pelos crimes de sequestro, roubo e coação agravada, decisão confirmada pelo Tribunal da Relação.

A arguida, que era amiga da vítima, com a ajuda de um amigo, encenou uma situação depois de saber que essa amiga tinha uma relação com o seu ex-marido. A cilada acabou em sequestro, agressões e a colocação de piripiri na vagina da vítima, namorada do ex-marido da agressora.

drive banner horarios

 

O acórdão pode ser lido aqui.

viol ourem IMG 20191209 102539
Recorte do jornal Correio da Manhã (2019-12-09)

No JN

Condenada por torturar amante do ex-marido com piripiri na vagina 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo