in ,

O facebook como terapia: o caso de João Sampaio

Durante alguns anos, João Sampaio foi professor e jornalista em Tomar tendo colaborado com vários órgãos de comunicação social.

Foi já como inspetor do Ministério da Educação e a viver em Bragança que lhe foi diagnosticado um cancro.

Durante os tratamentos, João Sampaio decidiu criar no facebook a página Correio Transmontano, atualmente seguida por quase 20 mil pessoas.

Recuperado e reformado, tem agora mais tempo para se dedicar ao seu hobi.

Tudo isto é pretexto para um trabalho publicado pelo Jornal de Notícias no dia 23.

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Foto do dia

U. Tomar soma mais uma vitória