in ,

Número da semana: 602 vs. 236

Fenómeno que se arrasta há mais de uma década, o saldo demográfico continua a ser negativo em Tomar, com o número de óbitos a superar em quase três vezes o número de nados-vivos.

Em 2018 foram registados 602 óbitos em Tomar e apenas 236 nados-vivos (por local de residência da mãe), segundo dados oficiais divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística.

 

Concelho de Tomar

Dados de 2018

FreguesiaÓbitosNados-vivos
Asseiceira4414
Carregueiros184
Olalhas189
Paialvo5114
Sabacheira141
São Pedro de Tomar5212
União das freguesias de Além da Ribeira e Pedreira175
União das freguesias de Casais e Alviobeira4416
União das freguesias de Madalena e Beselga6323
União das freguesias de Serra e Junceira4610
União das freguesias de Tomar (São João Baptista) e Santa Maria dos Olivais235128
Total – Tomar602236

Fonte: INE

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Saldo negativo em termos demográficos, como aliás vem sendo hábito.
    Apetece questionar o município em várias coisas:

    -Com estes nascimentos em termos anuais em uma década sensivelmente seremos um concelho de pessoas idosas, pois o restante vai tudo embora. O que pensa o Município fazer quanto a isto?
    – O que está o Município esperando para criar condições realmente favoráveis para a instalação de empresas grandes(industria de preferência)
    – Como espera o Município sobreviver financeiramente perante este provável descalabro se nada for feito, como parece ser o caso. É isto a vossa(município) ideia de “Tomar no caminho certo”
    – Todos gostaríamos de saber quais os projectos concretos do município para combater uma desertificação da cidade e de todo o concelho num futuro bem próximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

JN destaca tomarense candidato às eleições municipais na Noruega

Santarém: campino encontrado morto atrás do cemitério