SociedadeDestaque

Monos e lixo geram protestos em Carregueiros (c/ fotos)

- Publicidade -

A junta de freguesia de Carregueiros criou, num terreno baldio atrás da sede da junta, um depósito de monos e de outros detritos que está a gerar críticas por parte de alguns moradores.

“É uma vergonha”, denuncia um morador que já apresentou queixas à junta, a câmara, à assembleia municipal, ao SEPNA da GNR e ao Ministério do Ambiente. Lamenta que se crie uma lixeira perto das casas, onde chegam a queimar borracha e plástico.

O Presidente da Junta garante que as queimadas são apenas de resíduos verdes provenientes de podas e de limpeza de terrenos. Garante que são comunicadas previamente e autorizadas pela Proteção Civil, não havendo nada de ilegal.

Francisco Santos esclarece ainda que aquele local funciona como depósito temporário de monos que a junta recolhe em toda a área da freguesia. Periodicamente, quando o número de monos já justifica, os serviços da câmara deslocam-se ao local para os recolher.

O autarca reconhece que pode haver abusos por parte de particulares no depósito de materiais naquele local e refere que já mandou colocar um aviso a alertar de que qualquer despejo de resíduos só pode ser feito com autorização da junta.

- Publicidade -

Francisco Santos reconhece ainda que atualmente o espaço apresenta um mau aspeto e, para solucionar este problema, a junta está a ponderar transferir o depósito para outro local que será vedado para evitar abusos.

- Publicidade -

3 comentários

  1. As pessoas é que são umas porcas, existem regras para a recolha de monos, as pessoas insistem em depositar estes monos de qualquer maneira, depois queixam-se e ficam muito indignadas.

    1. O Batata e que tinha razao….para aqueles que ainda se lembrarem das coisas, que ele virado para a CMT, dizia…nao publico porque nao deve ser permitido….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo