SociedadeDestaque

Goucha entrevista mulher e cunhado de homem desaparecido

- Publicidade -

Mantém-se o mistério sobre o desaparecimento de Filipe Amaro Moita Silva, de 48 anos, visto pela última vez no dia 30 de dezembro em Alcorochel, aldeia do concelho de Torres Novas onde reside.

A mulher de Filipe, Sandra Correia, e o seu cunhado, Manuel Novais, foram hoje entrevistados no programa de Manuel Luís Goucha, na TVI.

Sandra, que trabalha no hospital de Torres Novas, naquele dia estava de folga por haver tolerância de ponto. Saiu de casa de manhã, foi deixar os filhos ao ATL e depois foi às compras. O marido, que estava de baixa há cerca de um ano, ficou deitado em casa. Sandra diz que ao fim da manhã tentou ligar ao marido várias vezes e ele nunca atendeu nem devolveu a chamada.

As preocupações começaram à hora do almoço porque a família tinha combinado ir almoçar a casa dos pais dele.

A carrinha dele estava estacionada em casa. Sandra diz que o marido poderá ter saído de casa a pé pois costumava ir ao café todos os dias.

- Publicidade -

Há testemunhas que dizem tê-lo visto a conduzir uma carrinha preta que não era dele.

Facto é que, depois das 10 horas, nunca mais foi visto.

No domingo passado foram feitas buscas à volta da aldeia, mas nada foi encontrado.

No dia seguinte, a Polícia Judiciária tomou conta do caso e está a investigar o que possa ter acontecido.

Pai de dois filhos, de 4 e 7 anos, Filipe desapareceu misteriosamente e até ao momento não há qualquer pista.

Entrevista no programa Goucha:

MARIDO DE SANDRA TEM 48 ANOS E DESAPARECEU NO DIA 30 DE DEZEMBRO

FAMÍLIA DESESPERADA PEDE AJUDA PARA ENCONTRAR FAMILIAR DESAPARECIDO

 

Cunhado de Filipe Silva levanta novas suspeitas sobre desaparecimento

 

Família acredita que Filipe Silva foi raptado

Torres Novas: buscas infrutíferas por Filipe Silva

Apelo: homem desaparecido desde 30 de dezembro

 

- Publicidade -

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo