in

Capas dos jornais locais e regionais

Nesta quinta feira estão aí os dois semanários de Tomar: O Templário (em versão PDF, não em papel) e Cidade de Tomar, bem como outros jornais da região.

http://www.facebook.com/tomarnarede
https://tomarnarede.pt/

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Estes jornaleiros nao denunciam o que se está a passsar com o CHMT? devia ser capa todas as semanas o fecho das urgencias durante a noite..

    • Ó Dª Sílvia, com o devido respeito, permita-me que lhe diga que a Srª está a ver o filme às avessas. Do fim para o princípio.
      Essa valência hospitalar fecha durante a noite e de forma transitória, porque não há afluência de utentes que justifique a sua existência nesse horário noturno, durante a atual crise. E se calhar nem depois. Só isso.
      Por outras palavras. É apenas mais uma consequência da cada vez mais evidente queda da população residente no concelho de Tomar. E não me admirava se o provisório virar definitivo, por razões óbvias.
      As valências hospitalares, tal como as outras, devem existir onde haja população residente que as justifique. E só aí. É por isso errado procurar atrair ou reter valências e/ou outros serviços estaduais, como forma de manter ou atrair população.
      Temos um exemplo flagrante: O aeroporto de Beja custou até agora cerca de 32 milhões de euros, mas recebe menos de 50 voos por ano. Parece-lhe bem?
      Depois ficamos muito ofendidos quando algum holandês, por exemplo, afirma publicamente que os portugueses estão para os fundos europeus, como os gatos para as sardinhas. Eles comem tudo, eles comem tudo e não deixam nada, cantava o Zeca enquanto viveu. Meio século mais tarde e em democracia…
      Ou a senhora está convencida que Abrantes ficou a liderar e Torres Novas herdou, de forma provisória, mais valências, por simples acaso?
      Será também simples acaso se a valência de psiquiatria da zona se mantém em Tomar, apesar de…?
      É sempre conveniente, minha senhora, ter em conta a causa e a origem do tiro, e não só o seu alvo.

      • tantas letras para tão pouco, sabe qual area de influencia da urgencia do CHMT e o numero de habitantes que seve? sabe o numero de episodios de urgencia na unidade de tomar?
        essa conversa bafienta de encontrar argumentos à força para fechar tudo mostra o quão retrógrado é quem escreve…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Covid-19: mais casos no Entroncamento e em Torres Novas

Ferreira do Zêzere: GNR apanha dois a roubar numa residência