in ,

Candeeiros vs. árvores

Na praceta João Pedro Mota Lima, próximo da PSP

Para quem é responsável pelo planeamento das cidades é um desafio decidir onde colocar árvores, candeeiros, papeleiras, contentores do lixo, passadeiras, sinais de trânsito, etc. Pior ainda quando essas decisões são tomadas por entidades diferentes.

Vem isto a propósito de situações que verificamos em Tomar em que existem candeeiros de iluminação pública no meio das árvores. Como é bom de ver, nestes casos que as fotos ilustram, o candeeiro não cumpre a sua função porque fica tapado com as ramagens das árvores.

Para as câmaras que normalmente têm fobia a árvores, o mais fácil é cortá-las e fica resolvido o problema. Mas se pensarmos nos anos que uma árvore demora a crescer e na sua função nas cidades, concluímos que o mais fácil e barato é mudar o candeeiro.

Porque somos contra o abate indiscriminado das árvores como tem acontecido muitas vezes em Tomar, sugerimos que se mude a localização destes candeeiros. Assim, protegemos a natureza e melhoramos a qualidade de vida na cidade.

 

Na rua Carlos Campeão junto à papelaria Nova

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Numa altura em que todos falam em eficiência energética, desperdício e poupança de energia, não se entende este tipo de situação e, no geral, que haja tanto candeeiro a iluminar … ramos de árvores. E o mais caricato é não resolverem essas situações e investir na substituição das lâmpadas por outras mais eficientes. A bem das ramagens?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Vacinação de cães na tenda do mercado

Homem detido com 13 plantas de Canábis