in ,

Câmara paga para aparecer na televisão

Cerca de um mês depois de a TVI ter transmitido o espaço noticioso Jornal das Oito em direto de Tomar, sabe-se agora quanto é que a câmara pagou àquela estação de televisão.

Segundo o contrato por ajuste direto publicado no portal Base, a câmara pagou à TVI 23.370 euros (19 mil euros + IVA) pelos “serviços para divulgação e promoção do Concelho de Tomar”.

Ao longo do noticiário do dia 22 de agosto, em direto da Praça da República, foram sendo passadas imagens da cidade, algumas com recurso a um drone, com apontamentos de reportagem sobre vários aspetos da história, cultura, património, tradições e gastronomia de Tomar.

Já em agosto a câmara tinha assinado um ajuste direto com a Casa do Pessoal da RTP por 15 mil euros + IVA para “divulgação e promoção do Concelho de Tomar”.

 

Tomar em destaque no Jornal das Oito (TVI)

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Que é necessario pagar para ter estes momentos de “gloria”, já se sabe. Enfim…
    Mas verdadeiramente patetico é o usar destes n«meios para “promover o Concelho” sem te nada para dar em troca.
    O que se lamenta, é a ausencia de uma ideia central para valorizar Tomar e o Concelho. Com eefito, hoje é a cidade jardim, amanha é a templaria, depois é o patrimonio mundial. Ao sabor dos acontecimentos. O que se lamenta é inexistencia de uma estrategia coerente de valorização e de promoção (de que fazem parte estes “momentos de gloria) da Cidade e do Concelho, que possa fazer acreditar que Tomar tem futuro além da fuga e do envelhecimento da População, e das festas e comezainas.
    Que se devem estar aproximar, que no proximo ano há eleição.

    • Totalmente de acordo. Esta câmara está há quase 8 anos a navegar à vista, ao sabor da corrente, sem qualquer rumo definido. Prova disso é que ainda há pouco Porto de Mós, por exemplo, anunciou um plano de desenvolvimento turístico para os próximos 10 anos, elaborado pelo Politécnico de Leiria. E Tomar? O que fez ou tenciona fazer nessa área e na do desenvolvimento em geral? Esperar por milagres?
      A srª presidente já mostrou que gosta muito de celebrar ajustes diretos. Assinoou até um com uma desconhecida empresa unipessoal de Braga, para elaboração do plano de sinalização turística da cidade, por 75 mil euros.
      Havendo em Tomar gente qualificada em turismo, até da mesma área política que ela, o executivo está à espera de quê? Os concursos públicos não se fizeram para outra coisa e calam de antemão qualquer denúncia de compadrio.

  2. Ao contrário do que pensam muitos tomarenses a importância de Tomar a nível nacional não é nenhuma, apesar de já ter sido. Por isso, para “aparecer” é preciso pagar. Quanto ah promoção feita é centrada unicamente no turismo, isto é, mais do mesmo desde há 30 anos com os resultados que estão ah vista de quem quer ver.

  3. Antigamente pensava que eram as empresas que tinham que pagar pela ocupação do espaço, e mais um determinado valor para poderem ter o privilégio de filmar no dito concelho em espaços públicos, mas afinal estava enganado, é ao contrário, e as empresas privadas podem ganhar muito dinheiro até como se vê, se souberem convencer os municípios.

    Dito isto, antes aparecer Tomar que outra localidade qualquer… enquanto estão a falar de Tomar não estão a falar em outro local.

    Mas será que existe alguma forma de medir o investimento versus o retorno obtido? Fica a pergunta. Porque gastar dinheiro em promoção sem conseguir depois sequer saber se foi um bom ou mau investimento, parece ser mau uso do dinheiro, já que nem sequer permite evitar repetir o mesmo erro. Imagine-se todo aquele dinheiro pago à estação de televisão não ter um único euro de retorno verdadeiro nem sequer no médio/ longo prazo… pelo menos da próxima vez poderiam pedir dinheiro e mandá-los à fava se eles dissessem que iam antes para outro concelho.

  4. Pena é que a televisão não apareça sem pronunciar dia de visita. E mais, por que não visita as várias freguesias…. A fim de ver, verificar as ajudas da Câmara!!! Que não são nenhumas.
    Que infelicidade!!!
    Sinceramente, pagar para ser vista e visitada pela TV. Faça algo a sério pela cidade e não estrague o que foi feito pelos nossos antepassados. Não estrague e melhore, não tem que deitar abaixo ( Várzea Grande ) mas sim melhorar, afim de mostrar o que significa para as novas gerações, o valor dado anteriormente. Faz parte da história da Cidade.
    Uma última nota, já que a Câmara tem tanto dinheiro que ajude a sério as freguesias. Estradas por acabar e outros itens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Atleta tomarense em destaque no Campeonato Nacional de Downhill

Rocket e Nuno Ricky atuam no Mouchão