in ,

Câmara contrata empresa que concebe e produz campanhas eleitorais do PS

Adensam-se as suspeitas de ligações perigosas entre a câmara de Tomar e empresas ligadas ao PS.

O antigo chefe de gabinete da câmara de Tomar, Luís Ferreira, em comentário a uma notícia que publicámos aqui, escreveu no Facebook: “Empresas de marketing que há mais de 15 anos concebem e produzem as campanhas eleitorais do PS, novamente escolhidas para promover Tomar”.

Desta forma, o ex-companheiro da presidente da câmara Anabela Freitas insinua que há uma ligação entre os outdoors do município e os outdoors do PS para as campanhas eleitorais. É a mesma empresa que os fornece.

Normalmente é uma forma ardilosa de os partidos que estão no poder conseguirem ter outdoors “à borla” ou a preços mais em conta durante as campanhas eleitorais para as autárquicas.

Porque “à mulher de César não basta ser séria”, era importante que a câmara esclarecesse quais os critérios de escolha da empresa dos outdoors, porque consultou apenas duas empresas e porquê aquelas.

 

Câmara assina contrato com antigo adjunto de António Costa que falsificou habilitações

 

Mais 80 mil euros para outdoors

 

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. É sem dúvida útil este esclarecimento do ex-chefe de gabinete, bem como a sua reprodução aqui no Tomar na rede. Seria porém bem mais esclarecedor e proveitoso para os eleitores -tendo já em vista Outubro 2021- ler sobre outros incidentes locais:
    -Porque deixou Luís Ferreira a chefia do gabinete?
    -O que forçou o então vice-presidente Rui Serrano a demitir-se?
    -Porque se mantêm ambos tão calados sobre tais matérias?
    -Pensam que os tomarenses são todos lorpas?

  2. É importante o esclarecimento, pois é.
    Assim haja coragem.
    E frontalidade.
    E possibilidade.
    Sem que o esclarecimento se perca em frases feitas e lugares comuns (como é frequente…).

  3. Os manuais que rege a malta dos aventais não permite que se divulguem determinadas informações, mesmo que se zanguem as comadres!

    • Pode ser. Mas era importante conhecer os detalhes da queda dos dois únicos elementos PS que procuraram uma terapêutica para um cancro chamado tecnostrutura municipal. Que desde então continuou a provocar estragos na reputação municipal, de muito difícil reparação. Flecheiro e mercado, Estalagem de Santa Iria, obras tacanhas, projetos coxos, ex-colégio feminino e ex-convento anexo…
      Os tomarenses saberão algum dia toda a triste e vergonhosa verdade?

      • Então infere-se da notícia que com o dinheiro de TODOS os contribuintes de Tomar o atual executivo PS enche os bolsos ao militante PS RUI PEDRO LIZARDO ROQUE e garante desde já a publicidade às autarquias 2021, seja por força de um preço menor ou, por força de um maior número que aparecerá.

        Depois destas notícias que vieram alertar os mais distraídos alguém lá vai ter que ir criar uma empresa em nome de uma esposa ou de um filho ou, uma avançar outra empresa amiga a dar a cara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

E agora?

Torres Novas: câmara vende antigas escolas e terrenos em leilão