in ,

Ainda o caso de abusos sexuais e violência na Venda Nova

A jornalista Tânia Laranjo. do jornal Correio da Manhã e da CMTV, continua a publicar trabalhos sobre o caso de violações, abusos sexuais e violência numa família da Venda Nova, freguesia de Casais, Tomar.

Com três homens presos (pai e filhos) suspeitos daqueles crimes, resta no “barraco” da Venda Nova, Gracinda, de 68 anos, que a jornalista entrevistou.

Gracinda, vítima de violência doméstica e de violações, continua a desculpabilizar o marido e diz que nunca viu os dois filhos a agredir e a abusar das filhas ou netas.

A idosa revela que o seu marido levava uma das filhas, quando ainda era menor, para o bar de alterne Três Azinheiras, que existia perto de Alviobeira.

Mãe revela que filha de 14 anos foi levada pelo pai para bar de alterne

 

Lei protege mulher de monstro. Gracinda não será julgada

 

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Necrologia

Estalactite de gruta de Tomar à venda no OLX