in

PCP comemora 89 anos do jornal Avante em Tomar

A Comissão Concelhia do PCP de Tomar vai realizar um jantar comemorativo do 89° aniversário do Jornal Avante!, no sábado, dia 15 de fevereiro, pelas 20h30, no restaurante “Quinta da Gracinda”, em Valdonas.

O evento inclui uma mini-feira do livro, o jantar e animação cultural com o grupo Diálogos constituído por Reymundo e Maria Figueiredo.

Conta-se com a presença de Armindo Miranda, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP.

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. PCP comemora 89 anos do jornal Avante em Tomar

    Um título mal posto. Ou será que há 89 o Jornal Avente chegou a tomar?
    Acho que não. Tomar não tem propriamente cultura e tradição de esquerda. E isso, mais do que jantarinhos, é que deveria ser a preocupação dessas forças da dita, designadamente o PC.
    Em primeiro lugar porque não há por aqui uma realidade sociológica de operariado. Operariado mesmo. Daquele destituído dos meios de produção, obrigado a vender a sua força de trabalho. Isso, que houve muito lá pelas europas industrializadas e até na cintura de Lisboa, aqui não houve.
    Não houve desenraizamento. Ou seja: o abandono ou expulsão dos campos e das comunidades camponesas.
    Em Tomar, na região de Tomar a industrialização havida (que já não há), articulou muito bem com a realidade camponesa de onde vinha o “exército industrial de reserva”. Mais: é essa cultura camponesa que sempre determinou a identidade social e a cultura de classe dos indígenas de cá.
    Não se vê o que é que o jornal Avante tinha a fazer cá.
    Mas vale a pena, mais do que comemorar com jantaradas, pensar, reflectir e estudar a natureza sócio-política deste espaço no país, e tentar encontrar aí (e em muito mais) a explicação e as causas deste atávico subdesenvolvimento.
    Assim de repente, o mais que me lembre a dar para a esquerda, terá sido o Fernando Lopes Graça, uma pessoa com jeito para a música erudita (dizem, pois que eu não consigo ouvir aquilo) e que frequentava o mais distinto fascista café de Tomar: “O Paraíso”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Sem abrigo passa as noites junto à biblioteca

Politécnico de Tomar encerra Laboratório de Engenharia Civil