PolíticaDestaque

Deputada eleita pelo distrito de Santarém diz que políticos são mal pagos

- Publicidade -

Alexandra Leitão (PS), deputada eleita pelo distrito de Santarém e ex-ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, deu uma entrevista ao semanário Expresso onde afirma que “de um modo geral, em Portugal os políticos não são bem pagos”.

E justifica esta afirmação não apenas com o volume de trabalho, mas pela responsabilidade que têm.

Um deputado em regime de exclusividade ganha 3.826,61 euros por mês a que acresce 382,66 euros em despesas de representação.

“Acho, por exemplo, os presidentes de câmara municipal e em geral, os autarcas, são muito mal pagos”, afirma a deputada.

Publicamos a seguir os valores da remuneração dos presidentes das câmaras municipais no distrito de Santarém (salário bruto + despesas de representação):

- Publicidade -
ConcelhosRemuneração
Abrantes3 261,97 € + 999,88 €
Alcanena3 261,97 € + 999,88 €
Almeirim3 261,97 € + 999,88 €
Alpiarça2 899,53 € + 888,78 €
Benavente3 261,97 € + 999,88 €
Cartaxo3 261,97 € + 999,88 €
Chamusca2 899,53 € + 888,78 €
Constância2 899,53 € + 888,78 €
Coruche3 261,97 € + 999,88 €
Entroncamento3 261,97 € + 999,88 €
Ferreira do Zêzere2 899,53 € + 888,78 €
Golegã2 899,53 € + 888,78 €
Mação2 899,53 € + 888,78 €
Ourém3 624,41 € + 1 110,97 €
Rio Maior3 261,97 € + 999,88 €
Salvaterra de Magos3 261,97 € + 999,88 €
Santarém3 624,41 € + 1 110,97 €
Sardoal2 899,53 € + 888,78 €
Tomar3 261,97 € + 999,88 €
Torres Novas3 261,97 € + 999,88 €
Vila Nova da Barquinha2 899,53 € + 888,78 €

 

Alexandra Leitão: “O PS não pode tornar a não ter comparência nas presidenciais”

 

“De um modo geral, em Portugal os políticos não são bem pagos”, diz Alexandra Leitão

- Publicidade -

6 comentários

  1. Com estes salários, o IRS retem 45 a 50%. Ou seja os felizardos só recebem metade. Felizardos a sério são os presidentes das portuguesas cotadas em bolsa com salário médio de 30.000€/mês. E alguns vão mesmo aos 60.000 a que juntam mais uns pós (ações, seguros, apoios à família).

    1. …está a esquecer-se do popó à borla, do colégio dos meninos, do ordenado da governanta, etc, etc.
      Se dá para o director financeiro do Benfica, como é que não há-de dar para eles…!!!

  2. Com estes salários, o IRS retem 45 a 50%. Ou seja os felizardos só recebem metade. Felizardos a sério são os presidentes das empresas portuguesas cotadas em bolsa com salário médio de 30.000€/mês. E alguns vão mesmo aos 60.000 a que juntam mais uns pós (ações, seguros, apoios à família).

  3. Esta senhora Leitão, vive com a Alice, no País das Maravilhas.
    Para ganhar tento na cabeça, ou noção da realidade, compare o montante dos vencimentos dos cargos politicos com o montante do vencimento médio em Portugal, ou com o do salário minimo…
    E se o vencimento dos cargos politicos fosse mesmo assim considerado baixo, reduza-se o numero de cargos (deputados, vereadores, ministros e assessores,.-..), e aumente-se o vencimento dos que ficam…para trabalhar, claro!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo