in ,

Anabela Freitas cria página oficial no facebook

Já a pensar nas próximas eleições autárquicas, Anabela Freitas, ou melhor, o seu staff, lançou nesta sexta feira, dia 27, uma página oficial no Facebook.

A presidente da câmara de Tomar apresenta-se como “mãe, nabantina, socialista”. Na mesma coluna refere ser também presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, da Tejo Ambiente – Empresa Intermunicipal e vogal da Comissão Executiva do Turismo do Centro de Portugal.

Anabela Freitas já tinha um perfil pessoal no Facebook, mas sem grande atividade, passando meses sem atualização.

Até ao momento é a única candidata assumida às eleições autárquicas do outono do próximo ano em Tomar.

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Hahahaha figura pública só se for pelos piores motivos. Lá personagem ela é. Será que passou um cheque da câmara para alguém lhe criar a página.

  2. Eu não me esqueci do Natal de 2019. Por morar em Carregueiros não mereço ser considerado como cidadão de 2a. Sem água em casa durante 5 dias é coisa de 3o mundo. Na altura das eleições vou-me lembrar disso.

    • Parece que em alguns lugares do Brasil isso é tão vulgar (faltar a água) que as pessoas já constroem as suas casas com tanques de água para armazenar a mesma e ter água mesmo quando a água canalizada não está a ser distribuída… aparentemente a maioria só se esqueceu foi de adicionar filtros para a mesma, já que a qualidade da mesma por vezes é deplorável, e podem ter tipo o tanque a 90% e de repente vem a água em mau estado e lá se vai o resto da água à vida por conta da água contaminada.

      Sugerindo: se for possível coloque um tanque de água na parte mais alta da casa/ edifício e se possível com filtros adequados para manter a água com a melhor qualidade possível. A capacidade deve ser a mais alta possível de modo a que possa realisticamente esperar o retorno da água canalizada ou de conseguir obter o fornecimento de água de outra forma (ex.: camião de empresa privada, bombeiros, etc.)… direi que uns 31 dias de capacidade em água parecem o mínimo desejável… quantos litros (m3) de capacidade depende da situação específica: é ver qual o consumo mensal e fazer a média.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Sp. Tomar empata com o Juventude de Viana

Sinalização a duplicar