in

Santarém: corpo na estrada espera 11 horas para ser recolhido

A família do coronel João Taxa Araújo viveu neste sábado, dia 21, o momento mais surreal das suas vidas.

A expressão foi usada pela filha, Filipa, num emocionado relato da insólita aventura que viveu depois de o seu pai ter morrido na rua quando se preparava para entrar no carro para se dirigir ao hospital.

O corpo da vítima, de 77 anos, esteve 11 horas na estrada à espera que alguém o viesse recolher.

Vale a pena ler o relato e questionar como é possível isto acontecer.

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Morreu o jornalista Armando Rebelo

Recadex retoma serviço de entregas