NecrologiaDestaque

Morreu aos 102 anos o homem que nunca tomou medicamentos

Aos 102 anos, morreu João Antunes, professor de ioga em Tomar e um homem que viveu a vida sem tomar qualquer medicamento. Dizia que para se ser saudável e feliz só tínhamos de “virar as costas a tudo o que está colorido de mal”, ou seja, tudo o que nos faça mal.

Até quase aos 100 anos ainda passeava pela cidade envergando o seu fato e chapéu, sempre simpático e educado.

Fundou a Escola de Yoga de Tomar e até há poucos anos foi professor na Unidade Sénior lecionando temas relacionados com a saúde e o espírito.

drive banner horarios

Nas suas refeições não usava açúcar nem sal, era frugal na comida e praticava uma filosofia ligada à natureza e à vida saudável.

Até há poucos anos vivia sozinho em sua casa, apenas com a ajuda de uma mulher nas lides domésticas.

Numa entrevista concedida em 2016 ao mediotejo.net, confessou que a morte não o assustava. “É normal porque tudo o que nasce tem que morrer”.

O velório decorre a partir das 9 horas do dia 14, quarta feira, seguindo para o cemitério de Marmelais onde às 11 horas decorrem as cerimónias religiosas.

Apresentamos sentidas condolências à família.

305914482 2394375654036565 5668840163297849124 n

304894403 887096128925200 4511739631307843631 n
Foto de Carlos Piedade Silva

Tomar | O elixir da juventude por João Antunes, 96 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo