in ,

Raspadinhas e notas de encomenda do Continente acumulam-se atrás do pavilhão da Nabância

As traseiras do pavilhão da Nabância em Tomar estão transformadas num depósito de lixo. Mas não se trata de um lixo qualquer, conforme nos alertou um morador. Ali acumulam-se talões de jogos da Santa Casa, raspadinhas, notas de encomendas, documentos de transações com números de contribuinte, entre outros papéis.

Alguns dos documentos referem-se à distribuidora Vasp e à papelaria Note, do Continente.

“Não imagino como ali foi parar, mas é grave a sujidade e a tipologia de documentos por ali espalhados”, alerta um morador.

O pavilhão e todo aquele conjunto edificado é propriedade da câmara de Tomar.

 

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Lixo roubado!!!!
    Gente de m….!!!!
    É de certeza lixo que estava no contentor para destruição e que foi roubado por alguem que sabe que tem raspadinhas deitadas ao lixo. RASPADINHAS essas que os clientea deitam fora por nao terem premio. Os outros papeis a serem importantes nao iam para lixo comum. Enfim…..
    Tudo conta para noticia vs escandalo.
    Se procurassem saber quem roubou o lixo, isso sim era noticia de gente grande. Agora assim é miserável quem faz disto noticia!!!!!!!

  2. É de lamentar a curiosidade alheia para “vasculhar ” lixo a procura de dinheiro fácil. Mais lamentável é quem tira foto não percebe que se tratava de lixo roubado 😂😂😂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Colisão provoca ferido grave

Lixo acumula-se nas papeleiras