in ,

Os negócios vítimas do Coronavírus* (atualização)

Corredoura- 20-03-2020, 11h42

Dezenas de estabelecimentos comerciais não resistiram ao impacto que a pandemia teve e continua a ter na economia local e regional. Aqui fica uma listagem (em atualização) de espaços comerciais de Tomar que fecharam por causa da Covid-19:

A Grelha* (largo do Pelourinho), Kokitos bar (praça da República), Mister Grill* (Venda Nova), restaurante Vale da Trave* (Venda Nova), pastelaria Pic Nic (rua dos Moinhos), Chinquilho (Algarvias), A Distinta (rua Infantaria 15), café Arcádia (rua Torres Pinheiro), Casa Matreno (rua Joaquim Jacinto), imobiliária Bellaluxe (Alameda Um de Março), restaurante Azul Terrace (Calçadas), Prato Cheio (rua António Joaquim Araújo), Casa Estrela da Sorte (rua da Saboaria), perfumaria Equivalenza (Corredoura), café Cristal (rua Amorim Rosa), café Delícia de Sabores 1 (rua Infantaria 15), Maxi 15* (rua Infantaria 15), Áurea (Corredoura), ModaChic (rua Silva Magalhães), bar Happy Hour Lounge (av. Nuno Álvares Pereira), snack-bar de Carvalhos de Figueiredo (em frente às bombas de gasolina).

É provável que esta listagem esteja incompleta e desafiamos os nossos leitores a ajudarem-nos com mais informação. É certo que outros negócios entretanto abriram portas, mas seja como for o balanço é negativo, ou seja, foram mais os estabelecimentos que fecharam do que os que abriram.

 

*Atualização:

 

  • Informa-nos a gerência do espaço Académico, na av. Ângela Tamagnini, em Tomar, que fechou apenas para obras e entretanto já reabriu. “Tivemos que nos adaptar e construir uma cozinha que abre segunda feira”, acrescenta.

 

  • A loja de roupa e acessórios Max 15 (no último ano já tinha mudado de nome para “maxis”) esteve aberta três anos. Fechou em março mas não por causa da Covid-19. Foi porque o novo senhorio quis atualizar a renda para 4x o valor que estava acordado com os antigos senhorios. Como era um aumento absurdo, era impossível continuar com porta aberta, e como não se chegou a acordo, a solução foi fechar. A ideia era abrir noutro sítio, mas como coincidiu com a quarentena e dada a evolução da pandemia nos meses seguintes, a ideia foi descartada definitivamente.

 

  • Os restaurantes Vale da Trave (que entretanto mudou de nome) e Mister Grill, na Venda Nova, encerraram antes da pandemia, tal como A Grelha no largo do Pelourinho.

 

Agradecemos as achegas dos nossos leitores.

 

Proponha uma correção, sugira uma pista: 

Envie fotos e vídeos para ou por aqui

 

Gostou de ler esta notícia?

Ajude-nos a continuar a prestar este serviço informativo com um donativo, por pequeno que seja, pelo MBWAY 913646234.

Muito obrigado!

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Pode a pandemia ter ajudado mas o problema de Tomar é a economia de base. O turismo não chega nem é suficiente para o consumo interno. Também não é com o turismo que crescem os investimentos públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Burger King de Tomar recruta pessoal

Santarém despede-se de Fábio Piedade