in ,

Nos 60 anos da pastelaria Estrelas de Tomar

Foi exatamente há 60 anos que se realizou a escritura notarial da conhecida casa “Doçaria Estrelas de Tomar”, situada na rua Serpa Pinto (Corredoura).

Tudo começou quando, em 1949, Henrique Neves começou a trabalhar na antiga fábrica de bolos caseiros, situada na rua Silva Magalhães, em Tomar.

Em 1956 casa-se, e especializa-se na área da doçaria, tirando o curso na pastelaria Mexicana, em Lisboa, que é atualmente considerada um monumento de interesse público.

Henrique Neves, em 1960, regressa à fábrica e constrói uma sociedade com os antigos patrões. Foi neste preciso momento, em pleno Estado Novo, que surge a primeira geração das Estrelas de Tomar, faz agora 60 anos.

A segunda geração foi em 1966. Nessa altura as instalações foram sujeitas a algumas alterações. A vista misteriosa e mágica que a sala grande proporciona para um dos maiores ícones da cidade – o rio Nabão.

Em 1974 Henrique Neves comprou as quotas aos dois sócios, iniciando assim a árdua tarefa de vender doçaria e especialidades numa altura em que não havia sequer dinheiro para a alimentação.

Beija-me Depressa, Fatias de Tomar e Queijinhos Doces são os nomes de algumas das especialidades desta casa emblemática de Tomar.

Parabéns pelos 60 doces anos!

Escrita por Redação

Comentários

Responder

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Loading…

    0

    Necrologia

    Banda tomarense lança videoclipe em fase de confinamento