in ,

Feirantes de Tomar em destaque na SIC (c/ vídeo)

Bruno Lima e Cátia Nascimento são feirantes de Tomar que, numa reportagem da SIC, são apresentados como um exemplo de superação das dificuldades em tempos de pandemia.

Sem poderem vender nas feiras nos primeiros meses da pandemia, o casal apostou nas vendas online através das redes sociais.

Criaram uma página – Bruno Estilos – com mais de 13 mil seguidores e uma transportadora para levar a roupa a casa dos clientes. Diariamente apresentam as roupas e calçado que têm para venda em diretos que chegam a ser acompanhados por mais de 300 pessoas em simultâneo.

As estatísticas dizem que a pandemia fez disparar as vendas online em Portugal.

Bruno é filho do patriarca cigano conhecido por “Roflin” (Errol Flynn), que vivia no Flecheiro em Tomar e há poucos meses foi viver para o bairro 1º de maio, depois da sua casa abarracada ser demolida pela câmara.

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Boa tarde…vendas online? onde nada declaram, nada pagam de impostos, e ainda vivem com ofertas de casas…..nao pagam rendas…nap pagam imi….nao pagam impostos….ofertas de casa….e ainda reclamam , que ficaram sem vendas….vendas online….fugindo a impostos…
    Sinceramente!!

    • Qual é a sua preocupação Filomena? Preferiam que as pessoas optassem por roubo e vigarices? O que é mais justo para si? Roubar, defraudar, extorquir ou levar uma vida digna? O seu problema é pura demagogia ou dor de cotovelo, todos os portugueses sabem que uma grande parte dos Portugueses fogem aos impostos principalmente os políticos e grandes empresários deste país. Deixe de ser hipócrita e deixe trabalhar quem precisa. Critique os poderosos deste país, que são indubitavelmente os maiores ladrões deste país.

    • Sra.Filonena você esta a falar sem saber porque este casal paga impostos e não tem oferta nenhumas e a casa deles não e uma casa camarária por isso quando falar informe-se bem das coisas
      Não quer dizer que por uns ciganos serem aquilo e o outro não quer dizer que todos seijam, e como vocês pessoas não ciganas não quer dizer por uns serem pedófilos não quer dizer que todos seijam🙂

  2. Dúvido que a casa deles tenha sido oferecida… E, como já foi dito, os “grandes empresários” deste país todos fogem aos impostos, os políticos, etc. Quem é que nunca fez umas horas por fora?! Mas se calhar era melhor andarem a roubar, é preso por ter cão e por não ter…

  3. Gostei da sua resposta…
    Hipocrisia é fodida, pior ainda é a inveja…
    É o que faz serem empregados da função pública. Pouco fazem, ganham bem e só reclamam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Capas dos jornais locais e regionais

Já escolhida a empresa que vai construir o passadiço do Agroal